- PUBLICIDADE -

Comunidade haitiana receberá curso para pedalar com segurança em Balneário Camboriú

Desconhecendo a organização do trânsito no Brasil, os haitianos estão mais sujeitos a acidentes nas vias públicas

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Camboriú Play recebe o youtuber Natan Por Aí nesta sexta-feira, 12

O podcast acontece ao vivo às 13h30, pelo canal do Camboriú Play no YouTube

ciclofaixa antlantica

Os haitianos que se estabeleceram em Balneário Camboriú têm na bicicleta seu principal modo de transporte urbano. Esta escolha demonstra a eficiência desta modalidade e o seu potencial para favorecer o acesso aos bens e serviços públicos e privados.

Adaptando-se ao idioma local e desconhecendo a organização do trânsito no Brasil, os haitianos estão mais sujeitos a acidentes nas vias públicas.

Por este motivo, o IFC – Instituto Federal Catarinense – Câmpus Camboriú e a ACBC – Associação de Ciclismo de Balneário Camboriú e Camboriú, por meio da parceria “Pró-Ciclo – Programa de Apoio ao Desenvolvimento Ciclístico do Vale do Rio Camboriú” estão organizando, no próximo dia 22 de agosto, o primeiro Curso de Capacitação Ciclística para a Comunidade Haitiana.

O curso de quatro horas abordará a legislação brasileira de trânsito e o ordenamento viário, os direitos e os deveres do ciclistas e o comportamento seguro no trânsito, além de dicas para conforto ao pedalar.

Segundo o presidente da Associação dos Haitianos de Balneário Camboriú, Salomon Derogene, “o curso é importante porque contribui para a melhoria da sua qualidade de vida que residem na cidade”.

Para ministrar o curso, foi convidado o especialista curitibano Luis Cláudio Brito Patricio, estudioso do tema e membro de diversas organizações ciclísticas no Paraná.

A Coordenadora Geral do curso, Profª Roberta Raquel do IFC Camboriú, destacou que o curso “cumpre com os objetivos institucionais de promover atividades de extensão e de compartilhar conhecimento com a sociedade”.

Já o Coordenador Técnico André Geraldo Soares, da ACBC, afirmou que “esta atividade contribui para integrar os estrangeiros à comunidade e para melhorar a sua convivência no espaço público”.

O curso conta com o apoio do Fumtran/BC – Fundo Municipal de Trânsito de Balneário Camboriú e da Associação Ecológica Eco-Partilhar, de Camboriú/SC.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem
- PUBLICIDADE -