Comprando o primeiro carro? Veja as principais dicas

Aperte os freios e pare para conferir essas 6 dicas que você deve conhecer antes de comprar seu primeiro carro

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Jogaderia resgata cultura dos jogos de tabuleiro no Balneário Shopping neste final de semana

Evento especial objetiva conectar as pessoas e proporcionar experiências com jogos longe das telas eletrônicas
Divulgação

Comprar um carro é a primeira grande decisão financeira para muitas pessoas, especialmente para jovens adultos. Se você novo no mundo automotivo e não sabe por onde começar, aperte os freios e pare para conferir essas 6 dicas que você deve conhecer antes de comprar seu primeiro carro!

1. Considere comprar um usado

Não há nada melhor do que entrar em um carro novo — o cheiro, os assentos novos, o brilho de uma nova pintura. Mas assim que o carro sai da loja, o valor diminui automaticamente. De acordo a Tabela Fipe, um carro novo perderá 13% do seu valor após o primeiro ano de uso. Isso não é tudo. Um novo carro continuará a depreciar significativamente nos primeiros cinco anos de propriedade. Um carro usado ainda pode ter a maioria dos recursos de tecnologia e segurança mais recentes, além de ser uma opção mais econômica do que um carro novinho em folha.

2. Veja as opções de financiamento

Se você já tem uma conta corrente ou poupança em um banco, pergunte sobre suas opções de financiamento. Depois disso, pesquise na internet e considere opções como o empréstimo online em MoneyMan. É sempre melhor ir a uma concessionária com dois ou três credores diferentes em mente para ter como negociar. A concessionária nem sempre vai te dar as melhores condições, por isso considere que você pode encontrar melhores tarifas em outros lugares.

3. Leia o contrato com cuidado

A compra um carro significa fechar um negócio legal com um vendedor e deve envolver um contrato, não importa se você comprou em uma concessionária ou diretamente do proprietário. Não há nada que você possa fazer depois que os documentos forem assinados e as chaves entregues; é por isso que é essencial ler os termos de vendas antes de assinar. Existem inúmeras histórias de vendedores que incluíram recursos extras em uma compra que o comprador originalmente recusou, como uma garantia estendida ou apólice de seguro.

4. Chame alguém para inspecionar o carro

Sempre peça a um mecânico de confiança para verificar o carro usado antes de comprar. Se uma concessionária não permitir que você faça uma inspeção com um mecânico próprio antes, isso é um sinal de alerta. Mesmo que o carro pareça ótimo por fora, você nunca sabe o que está acontecendo embaixo do capô. Uma inspeção completa pode poupar milhares de reais em manutenção no futuro.

5. Saiba negociar o preço

Quer você esteja comprando o carro de um amigo ou de uma concessionária, você precisa aprender a negociar. Negociar pode garantir descontos na compra total e, em muitos casos, evita que você pague mais do que o carro vale. Primeiro, procure o valor do carro na Tabela Fipe. Considere a quilometragem total, a condição atual e os recursos extras que ele possui. Depois de calcular algumas estimativas, subtraia de 10% a 20% e volte ao vendedor com sua oferta. Se você está comprando o carro em dinheiro, use isso como alavancagem.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Clínica Beleti: reabilitação orofacial e estética

Conheça um pouco do que a reabilitação orofacial pode fazer por você
- Publicidade -