- PUBLICIDADE -

PM salva homem que anunciou em live no Facebook que se suicidaria em Camboriú

Homem foi encontrado agonizando, com o pescoço enrolado em uma mangueira de narguilé

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

Na noite de sábado (25), por volta das 20h, a Polícia Militar atendeu uma ocorrência de tentativa de suicídio no Centro de Camboriú. A PM foi acionada após tomar conhecimento de que um homem de 51 anos estava fazendo uma transmissão ao vivo no Facebook, cortando os pulsos e narrando que iria se suicidar.

Os policiais deslocaram até o endereço do homem e, como ninguém atendia o chamado no interior da residência, realizaram a entrada na casa.

De início, foi constatado que a porta se encontrava barricada, com várias caixas. Após passarem pelos obstáculos, os policiais encontraram a vítima em um dos quartos, com o pescoço enrolado em uma mangueira de narguile, já agonizando e cianótico.

Diante de tal quadro, rapidamente foi retirada a corda do pescoço da vítima e iniciado os procedimentos de primeiros socorros. Em seguida foi acionado os Bombeiros Militares para atendimento, enquanto, aos poucos, os sinais vitais normalizavam.

Após a chegada dos bombeiros, a situação se normalizou completamente e o homem foi conduzido ao hospital.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.