- PUBLICIDADE -

Readequação do Hospital Municipal em busca de alvarás deve custar R$ 1,3 milhão

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

O prefeito Edson Renato Dias, Piriquito, anunciou nesta terça-feira (27), investimento da ordem de R$ 1,3 milhão em obras para a readequação das instalações do Hospital Municipal Ruth Cardoso, no bairro dos Municípios, para atender exigências da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e também da Secretaria Estadual da Saúde, antes da emissão de alvará de funcionamento da casa de saúde.

Ainda segundo o prefeito, a prefeitura “recebeu o hospital inacabado em 2009, com padrão de construção que não se adequava às leis para regulação do setor no Brasil e, agora, estamos nos obrigando a realizar obras que o qualifiquem para ter direito aos alvarás”, explicou. Esses alvarás são fornecidos pela própria Anvisa e pelo setor de vigilância sanitária da Secretaria de Estado da Saúde.

O gestor do Fundo Municipal de Saúde, Rafael Schroeder, disse que as obras de readequação no prédio do hospital “abrangem especialmente setores de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), de esterilização, lactario e banheiros”, acentuou. Ele também disse que “a readequação das instalações está, sobretudo, no padrão exigido pelas autoridades de saúde, especialmente em materiais como azulejos, pisos e uma série de outros acabamentos com restrição até para determinados móveis e utensílios”, concluiu.

O Hospital Municipal funciona com verbas municipais e federais (SUS). No ano passado o prefeito Edson Piriquito determinou a construção de nova área com 1,5 mil metros quadrados exclusivamente para abrigar o setor de pronto socorro. “Será um pronto socorro de alto padrão dotado com centro de imagem e equipamentos para exames de tomógrafo, ultrassonografia, raio-x digital e vários outros”, resume o secretário da Saúde, José Roberto Spóstio. O valor da obra será de R$ 4,2 milhões com recursos do governo do Estado e contrapartida do município.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.