- PUBLICIDADE -

Procon orienta consumidores como agir durante a greve dos bancos

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Comece bem o verão com marmitas caseiras da Light Food BC

Por sua qualidade de vida e saúde, nos dias quentes mantenha uma alimentação saudável com as marmitas da Personal Chef Fit Kris Borba

Os bancários de 26 estados e do Distrito Federal entraram em greve nesta quarta-feira (29) por tempo indeterminado para protestar por aumento de salários. Durante o período em que o atendimento nas agências estiver suspenso, os consumidores podem encontrar dificuldades ou ter dúvidas sobre como pagar suas contas em dia.

O Procurador Chefe do Procon de Itajaí, Rafael Martins Seara, ressalta que o consumidor deve ter consciência de que a greve não justifica o não pagamento de suas contas. “A primeira recomendação é buscar alternativas para fazer o pagamento, como os caixas eletrônicos dos bancos ou o internet banking. Também é possível quitar algumas faturas (como as de água, luz e telefone) em casas lotéricas e outros estabelecimentos (como supermercados, farmácias e agências dos Correios) que atuam como correspondentes bancários” explica.

Se nenhuma dessas opções for adequada à sua situação, entre em contato com o fornecedor do produto ou serviço e solicite outra forma de pagamento ou negocie a prorrogação da data de vencimento da conta. Caso não seja possível outra forma de pagamento, inclusive após contato com o fornecedor, e haja atraso no pagamento, o consumidor não pode ser penalizado com a cobrança de juros e multa de mora.

É importante lembrar, no entanto, que se o consumidor não tem culpa pela greve, o fornecedor também não tem. Dessa forma, em respeito ao princípio da boa fé, faça a sua parte e procure alternativas para não atrasar as contas.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Mesmo com a pandemia, coleta para reciclagem aumentou 31% neste ano

Ainda em 2019, a coleta de recicláveis deu um salto em BC em decorrência da implantação de novas políticas públicas
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.