- PUBLICIDADE -

Feira Cultural movimentou Camboriú no sábado

Cerca de 500 pessoas passaram pela Praça das Figueiras durante o evento

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191

viva praça
Divulgação

O público marcou presença na primeira Feira Cultural de 2017, realizada no último sábado, dia 11, em Camboriú. A Fundação Cultural estima que cerca de 500 pessoas circularam pela Praça das Figueiras durante o evento. A programação contou com música, gastronomia, exposição e venda de artesanatos e literatura.

Entre os participantes da Feira, estavam artesãos vendendo filtro dos sonhos e demais materiais com cordas e artigos em crochês. Também teve exposição e venda de livros de escritores locais como Jaci Silva, Luis Cláudio Gandin (Kau), Angelo Gilberto Silva e Josias Pereira. O Viva Praça, realizado simultaneamente com a feira, trouxe ao palco a dupla Vanilla Duo, que deu um show de pop rock.

Já a gastronomia fez tanto sucesso que os participantes ficaram do início da feira até o show do Viva Praça. As jornalistas Melissa Bergonsi e Sílvia Mendes são sócias no empreendimento itinerante ‘Gurmê Bike Food’. Elas trouxeram essa ideia diferente e deliciosa pela primeira vez ao evento e prometeram voltar à cidade.

“Achamos a ideia da feira muito legal. Nós fomos muito bem acolhidas pelas pessoas de Camboriú, o movimento foi mais do que o esperado e quase acabamos com o estoque. As pessoas ficaram bem curiosas com a ideia da bike, foi uma experiência ótima e já estamos com novas ideias para voltar na cidade em breve”, revela Melissa.

Os sócios Vanusa e Junior de Borba, proprietários do trailer do Pão de Queijo da Nusa também elogiaram a realização da feira na Praça. “Foi a primeira vez que participamos e foi muito bacana. O retorno foi excelente, desta forma, muita gente acaba conhecendo o nosso trailer, o produto e a ideia. Esperamos que a feira seja ampliada, pois é algo excelente para quem tem um trabalho artesanal ou pequeno negócio para poder divulgar. É um evento que só ajuda a cidade a aproveitar esse espaço, é realmente essencial”, avalia Junior.

O diretor de projetos e eventos da Fundação, Luiz Antonio Tecau, conta que a chuva atrapalhou um pouco, mas mesmo assim as pessoas passaram pela feira e curtiram a programação. “Essa primeira edição do ano foi muito boa, agora, com o chamamento de artistas, queremos aumentar ainda mais as atrações da feira e, consequentemente, do público. Trazer o pessoal dos sebos, artesãos que lidam com esculturas, vinil, músicos locais, entre outros”, ressalta Tecau.

A Feira é gratuita e organizada pela Fundação Cultural de Camboriú, com edições previstas para durar o ano todo, realizadas sempre no segundo sábado do mês. A próxima agenda do evento já está confirmada para o dia 11 de março, das 15h às 22h, na Praça das Figueiras. Caso alguém tenha interesse em participar do evento é só entrar em contato com a Fundação Cultural pelo telefone: (47) 3365 1311.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.