- PUBLICIDADE -

Balneário Shopping recebe nova edição da Feirinha de Adoção da Viva Bicho

Cães e gatinhos mantidos pela ONG Viva Bicho estarão em busca de um lar cheio de carinho e atenção neste sábado, 27

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Camboriú Play recebe o youtuber Natan Por Aí nesta sexta-feira, 12

O podcast acontece ao vivo às 13h30, pelo canal do Camboriú Play no YouTube
Feirinha Viva Bicho 01
Divulgação

Eles estão de volta! Fofinhos e apaixonantes, cães e gatinhos mantidos pela ONG Viva Bicho estarão em busca de um lar cheio de carinho e atenção neste sábado, 27 de janeiro, no Balneário Shopping. A tradicional Feirinha de Adoção da entidade – que acontece no Setor Azul do estacionamento coberto, das 11h às 16h – tem o objetivo de buscar famílias interessadas em ter um bichinho de estimação e, consequentemente, ajudar a amenizar a demanda de atendimentos da ONG.

Atualmente, a Viva Bicho abriga cerca de 800 animais abandonados. Segundo a vice-presidente da ONG e responsável pelas feirinhas da entidade, Juliana Boniotti, os eventos no Balneário Shopping costumam resultar em muitas adoções. “Temos sábados que encaminhamos mais de 30 cães e gatos. É um resultado excelente”, comemora.

Feirinha de Adoção da ONG Viva Bicho
Local: Balneário Shopping, setor azul do estacionamento coberto
Data: 27 de janeiro (sábado)
Horário: 11h às 16h
Valor: Gratuito

A ONG expõe filhotes e também animais adultos de porte médio. Para adotar, é necessário apresentar documento de identidade com documento e CPF, além de comprovante de residência no nome do adotante. No local, um bazar beneficente também vende camisetas, adesivos, chaveiros, lápis, roupinhas e acessórios diversos para cães e gatos com o símbolo da ONG.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem
- PUBLICIDADE -