- PUBLICIDADE -

Cruzeiros marítimos cada vez mais perto da realidade brasileira

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

navio1

O sonho de uma viagem sobre as águas em um navio que mais parece um hotel cinco estrelas flutuante está cada vez mais perto da realização pessoal brasileira. Os turistas nacionais perceberam essa facilidade e cidades que mantém píeres para embarque e desembarque de passageiros comemoram essa nova fase. Itajaí e Porto Belo são os dois municípios da Costa Verde & Mar aptos à atracação das embarcações. Juntas, as cidades esperam a visita de cerca de 120 mil pessoas. Se somar as outras formas de chegada, essa região do Litoral Catarinense banhada pelo Oceano Atlântico e emoldurada pela Mata Atlântica deverá ter um acréscimo de até 10% no número de visitantes nesse Verão em relação à temporada passada.

Quem opta pelos cruzeiros, já sabe que entre os diferenciais está o fato de visitar várias cidades sem mudar de hotel. Nada de carregar malas ou se preocupar com embarque ou desembarque em aeroportos. A estrutura dos navios também contribui. As acomodações têm banheiro, ar condicionado, TV e telefone. Dependendo do pacote, as cabines têm ainda varanda e vista para o mar.

Atracar a cada dia em um porto diferente é super interessante, embora seja muito convidativa a nada monótona programação a bordo. Recreações durante o dia e festas e jantares à noite animam e promovem a integração dos tripulantes. “Embarquei com um grupo de amigas em Itajaí para o meu primeiro cruzeiro. O navio partiu somente à noite, mas participamos de aulas de dança e usufruímos das bebidas dos bares antes mesmo de deixar o píer”, conta a estudante Maressa Menezes. Isso é possível, porque nas paradas, os serviços e atividades internas continuam funcionando. Os mais tranqüilos podem aproveitar a piscina e demais áreas de lazer da embarcação.

Mesmo com o ar luxuoso de hotel cinco estrelas sobre as águas, o pagamento facilitado em parcelas e até preços reduzidos por conta da demanda de interessados nos cruzeiros fazem com que essa torne-se uma importante fonte turística. “Uma viagem de quatro a sete dias, com cinco refeições diárias e bebidas, sai mais barato do que passar o mesmo período num hotel três estrelas”, explica Cintia Kaestner Kopsch, da Manitur Turismo.

Ela comenta que o fato de as cidades da Costa Verde & Mar serem ponto de embarque e desembarque de passageiros contribui para aumentar a venda de pacotes em alto mar. “Além de não ter o custo extra de passagem aérea ou terrestre, o tempo de viagem até Santos, por exemplo, é aproveitado na piscina, com shows e com um visual fantástico”, esclarece. No mais, a agente de turismo sugere escolher o tipo de navio de acordo com seu perfil. E aproveitar todas as atrações que um cruzeiro oferece.

Decidiu fazer um cruzeiro? Veja algumas dicas
– Normalmente o procedimento de embarque dos navios tem início quatro horas antes da partida. O passageiro deve dirigir-se ao balcão de check-in com a passagem e o documento de identificação original em mãos.

– O passageiro tem a responsabilidade de atender às exigências legais quanto à apresentação de documentos nas viagens nacionais e/ou internacionais, sendo, em qualquer caso, indispensáveis os originais destes documentos, em bom estado.

– Em viagens nacionais, brasileiros adultos devem apresentar o RG ou documento de identificação válido no território nacional. Menores de 12 anos precisam apresentar o RG ou a Certidão de Nascimento.

– Para viagens internacionais, brasileiros (adultos ou menores), devem apresentar passaporte com validade mínima de seis meses e visto de acordo com as exigências do(s) país(es) de destino. Para cruzeiros com destino ao Uruguai, Argentina e Chile, será aceito também o RG em bom estado com no máximo 10 anos de emissão.

– Para pagamento do consumo a bordo, o passageiro pode optar pelo uso do cartão de crédito internacional ou dinheiro (Dólar ou Euro). Se a opção for em dinheiro, o passageiro deverá efetuar um depósito que varia de US$ 200 a US$ 300 por cabine dependendo da companhia. Cheques pessoais e cartões eletrônicos (débito) não são aceitos.

– As malas deverão ter a etiqueta de identificação da companhia de cruzeiro mencionando o nome do hóspede, navio e número da cabine. As bagagens deverão estar devidamente lacradas com um cadeado de segurança. Objetos considerados delicados, pessoais e de valor devem ser transportados somente na bagagem de mão.

– A bagagem será entregue diretamente na cabine por ordem de embarque. Se optar por usar a piscina antes mesmo de a mala ser entregue na cabine, leve a roupa de banho na bagagem de mão.

– Na noite anterior ao desembarque deixe sua bagagem na porta da cabine. O camareiro entregará etiquetas coloridas conforme ordem de desembarque. Os funcionários do navio se encarregarão de desembarcar a bagagem que estará disponível após o portão de saída. Mantenha com você os objetos de valor, como jóias, câmeras fotográficas, entre outros.

– Há um centro médico a bordo dos navios. Em caso de emergência entre em contato com o escritório de informações. Os hóspedes que necessitam de medicamentos específicos devem levá-los para a viagem.

– De acordo com as normas sanitárias, é proibido o consumo a bordo de alimentos e bebidas adquiridos fora do navio. A equipe responsável pela segurança está autorizada a recolher referidos volumes e devolvê-los aos passageiros no final da viagem durante o desembarque.

– Diariamente é entregue na cabine um jornal com dicas e horários de todas as atividades realizadas no navio. Nesse jornal também são disponibilizadas informações sobre os portos de escala.

– Os cassinos ficam fechados enquanto estiverem no porto. No cassino o hóspede deverá usar dinheiro e não o cartão.

– Os navios organizam excursões nos portos, mas você também pode obter esse serviço em terra. As excursões saem assim que o navio chega a um porto e após a liberação pelas autoridades locais.

– Os coletes salva-vidas estão à disposição dos hóspedes no armário da cabine. São equipados com luzes que se ativam ao contato com a água e com um apito.

Os próximos navios previstos
Em Itajaí
Imperatriz – 27/12
Imperatriz – 2/1
Aidacara – 4/1

Em Porto Belo
Costa Fortuna – 25/12
Oceania Insignia – 28/12
Costa Victoria – 29/12
Gran Mistral – 3/1
Costa Fortuna – 3/1


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.