(Rudyanto Wijaya/Getty Images)

Na noite de sexta-feira, 22.fev.2019, por volta das 23h10, uma guarnição da Guarda Municipal de Balneário Camboriú estava na Rua 1400, quando entrou Na Avenida Atlântica e foi abordada por populares que relataram que um homem estava agredindo uma mulher atrás do posto salva vidas na faixa de areia.

A guarnição imediatamente foi verificar a denúncia. Chegando ao local a guarnição se deparou com C.P., de 36 anos, muito alterado e Q.F.R., de 26 anos, sentada na calçada chorando. Quando a guarnição questionou ao homem, o mesmo negou ter agredido a mulher.

Já ao questionar a jovem o que havia ocorrido, a mesma relatou que C.P. havia se alterado e acabou pegando-a pelo pescoço. A guarnição colheu os dados de ambos enviou para central da GM, onde foi feita consulta dos nomes. No momento, o homem ameaçou um dos guardas.

Foi dada voz de prisão ao homem por violência doméstica (Lei Maria da Penha) e por ameaça ao agente. O homem e a mulher foram encaminhados para a Central de Plantão Policial para as medidas cabíveis.

Ocorrência no Estaleiro

Horas antes, na madrugada, por volta das 2h40, a Guarda Municipal estava em patrulhamento preventivo pelo Bairro Estaleiro, quando foi acionada por uma mulher com iniciais E.S. de 36 anos, alegando ter sido agredida por seu companheiro, A.F de 35 anos. A mesma apresentava hematomas pelo corpo e dois boletins de ocorrência contra ele. Diante dos fatos, foi dado voz de prisão ao indivíduo, que foi conduzido à Central de Plantão Policial para os procedimentos legais.

Ocorrência no São Judas Tadeu

Já neste sábado, 23.fev.2019, por volta das 19h, uma guarnição da Guarda Municipal, foi empenhada pela Central 153 para atender uma denúncia de um homem agressivo ameaçando as próprias irmãs e mãe. O caso ocorreu na Rua Pedro Pinto Felipe, no Bairro São Judas Tadeu. Quando a guarnição chegou ao local, o suspeito, identificado como E.C.B., de 48 anos, já estava imobilizado por um dos parentes, sendo imediatamente conduzido para delegacia de polícia. O homem já havia uma passagem pela polícia.


COMENTE ABAIXO ⬇

resposta(s) publicada(s). (Obs.Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site)