- PUBLICIDADE -

Venezuelano é detido por ameaça à mulher e agiotagem

Ele informou que trabalha para um agiota fazendo cobranças de quem pega dinheiro emprestado a juros

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

Na noite desta quarta-feira (14), por volta das 19h, a Central de Operações da Guarda Municipal de Balneário Camboriú foi informada através do telefone 153, sobre dois venezuelanos que estariam fazendo uma cobrança de dinheiro de um suposto empréstimo e realizando ameaças à funcionários de uma padaria na Quinta Avenida.

Assim que uma guarnição chegou ao local, um dos suspeitos (M.E.P.) fugiu, porém o outro venezuelano J.A.P.P., de 30 anos, decidiu ficar no local. Ele informou que trabalha para um agiota fazendo cobranças de quem pega dinheiro emprestado a juros.

A vítima é proprietária da padaria e informa que realmente pegou dinheiro emprestado, porém nem sempre tem dinheiro para pagar a cobrança que lhe é feita diariamente pelos agiotas.

Antes de fugir, M.E.P. teria ameaçado as funcionárias da padaria caso o pagamento do dia não fosse realizado. A vítima então decidiu acionar a Guarda Municipal.

Todos foram encaminhados a Central de Plantão Policial para o esclarecimento dos fatos e realização dos procedimentos cabíveis.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.