DIC de Balneário Camboriú identifica trio de assaltantes

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Erick e Jussa (DIC BC / Divulgação)
Erick e Jussa (DIC BC / Divulgação)

A Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú, prendeu Érick Santos da Silva, 19 anos, na tarde da última segunda-feira (26), na Avenida Atlântica, em Balneário Camboriú.

O foragido foi investigado pelos policiais da DIC e teve o mandado de prisão preventiva deferido pela Justiça pelo envolvimento no roubo ocorrido na noite do dia 5 de fevereiro de 2014, quando quatro homens portando armas de fogo invadiram uma residência no bairro das Nações, em Balneário Camboriú. Os suspeitos anunciaram o assalto contra os moradores da residência sob intensas ameaças, tendo, inclusive, chantageado as vítimas ameaçando jogar álcool e atear fogo nas vítimas, para que entregassem o dinheiro que se encontrava no local.

Diante das ameaças as vítimas realizaram a entrega de joias e cerca de R$ 110 mil em espécie. Durante o período que permaneceram no local os moradores foram mantidos reféns, ficando sob a vigilância de um dos assaltantes.

Nesta segunda-feira, Érick foi localizado e preso em uma tenda na orla da Avenida Atlântica, local onde estava trabalhando como locador de cadeiras de praia. O comparsa José Inácio Micknowski, vulgo “Jussa”, 19 anos, também foi identificado e teve o mandado de prisão cumprido no último dia 14 de janeiro, quando já se encontrava recolhido por outros crimes praticados na região e que foram investigados pela DIC. Além de José Inácio e Érick, um adolescente também foi identificado como sendo um dos autores do roubo, e o procedimento foi encaminhado para a Vara de Infância e Juventude, até a finalização dos trâmites judiciais.

Os suspeitos foram identificados após a prisão de uma quadrilha responsável pela prática de crimes de roubo, tráfico de drogas, comércio de armas de fogo, bem como de um homicídio na região. Na época do crime Érick era funcionário das vítimas e tinha conhecimento da existência de valores no imóvel, tendo repassado as informações para os demais assaltantes.

Após os procedimentos cartorários, Érick foi encaminhado ao Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí, no bairro Canhanduba, em Itajaí. O comparsa José Inácio aguarda julgamento no mesmo local.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -