- PUBLICIDADE -

Dez regiões em nível gravíssimo na pandemia: cuidado permanece, avisa diretora de Saúde

A única região que apresentou melhora foi a da Foz do Rio Itajaí, que baixou do nível gravíssimo para o grave

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

Santa Catarina tem dez regiões classificadas em nível gravíssimo e seis em nível grave na matriz de risco potencial do novo coronavírus (Covid-19). Os dados foram divulgados no último sábado pela Secretaria de Estado da Saúde e demonstram um agravamento no comparativo com o quadro anterior.

Em relação ao boletim informado dia 27 de janeiro, a única região que apresentou melhora foi a da Foz do Rio Itajaí, que baixou do nível gravíssimo para o grave. Grande Florianópolis, Serra Catarinense e Xanxerê retornaram ao nível gravíssimo, enquanto a região do Extremo Sul, que se encontrava em nível alto, também apresentou aumento no risco, passando ao patamar grave.

A nova matriz de risco potencial regional será apresentada no próximo sábado, com dados coletados nesta sexta-feira. Dados divulgados nesta quarta-feira (10/2) apontam que a taxa de ocupação total de leitos de UTI no Estado (SUS) é de 76,4%. Na Grande Oeste, o percentual chega a 91,2%.

A médica e diretora de Saúde do Poder Judiciário de Santa Catarina (PJSC), Graciela de Oliveira Richter Schmidt, alerta que algumas regiões do Estado apresentam números mais graves do que a média geral do território catarinense. A pandemia no Estado, explica a diretora, apresentou uma boa melhora em relação ao período de dezembro, mas ainda assim estamos com números altos semelhantes ao período do mês de agosto do último ano.

“Precisamos estar atentos. Não podemos subestimar a doença, deixar os cuidados de lado”, reforça Graciela. Em relação ao Judiciário Catarinense, a Diretoria de Saúde faz o acompanhamento contínuo dos casos registrados. A situação, observa a diretora, permanece sob controle.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.