- PUBLICIDADE -

Hospital Municipal receberá readequações de acordo com Vigilância Sanitária

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

hmrc
Foto: Divulgação PMBC

O prefeito Edson Renato Dias, Piriquito, assinou, na última semana, a ordem de início da obra de reforma e readequação do Hospital Municipal Ruth Cardoso (HMRC), para se adequar as exigências da Vigilância Sanitária. A unidade, quando construída, não tinha autorização do órgão responsável e agora, a prefeitura busca resolver a questão, com a recente assinatura de convênio entre o Estado e o município na ordem de R$ 1.057.661,92 milhão.

De acordo com o secretário de Saúde, Rafael Steiner Schroeder, este processo teve início em 2006, quando a Organização Mundial da Família (WFO) apresentou projeto de construção do hospital sem aprovação da Vigilância Sanitária. “A obra teve seguimento e logo a vigilância, em relatório, apresentou 17 laudas com inadequações da estrutura”.

O prefeito Edson Renato Dias, Pirquito, explica que todas as atenções vão estar voltadas para tornar o HMRC padrão perante a lei de exigências da Vigilância Sanitária no Brasil. “Não permitimos uma obra de tamanha magnitude e importância funcionar sem as devidas autorizações”, destaca o prefeito, lembrando que a prefeitura, em 2010, aprovou novo projeto da unidade com o órgão responsável, adequado às exigências feitas.

“Após as adequações, chamaremos os responsáveis pela Vigilância Sanitária novamente para vistoriarem as obras realizadas. O objetivo é a obtenção do alvará porque sem ele, a unidade fica impedida de realizar convênios e inabilitada a prestar determinadas portarias de atendimento, o que prejudica o trabalho para com a comunidade”, comenta Schroeder.

A prefeitura de Balneário Camboriú já deu início no último mês à reforma e ampliação de duas unidades de saúde do município. O Centro de Atendimento à Saúde (CAS), do bairro das Nações, e a Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Vila Real são contemplados. No primeiro, a ampliação será de 101m², além de reestruturação interna para implantação de duas equipes de saúde bucal. As duas unidades receberão salas para o trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde, além de dois gabinetes odontológicos cada, reforma da área externa, nova pintura e padronização visual.

Na UBS, a ampliação será de 110m², também com reestruturação interna para equipes de saúde bucal. A secretaria orienta a população que estas duas unidades não serão fechadas para a realização do trabalho.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.