Câmara de BC fará compostagem de resíduos orgânicos

Após a compostagem, o material resultante será enviado ao horto da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, para ser utilizado como adubo

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Balneário Shopping presenteia clientes do estacionamento com mimos especiais

Até o final de setembro, o “Blue Card – Visita Premiada” surpreenderá 1001 clientes com mimos e atrações especiais

A Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú está adotando, a partir desta semana, um novo padrão de descarte de resíduos, e, dentro de 15 dias, passará a fazer a compostagem dos orgânicos gerados pelo órgão.

O Legislativo fazia o descarte segregado dos resíduos recicláveis e do lixo comum, e agora passou a adotar a separação em resíduos recicláveis, não recicláveis e orgânicos. Serão descartados separadamente, ainda, os restos de construção (provenientes de reformas e obras) e os sujeitos à logística reversa (como lâmpadas, pilhas e cartuchos de impressora).

A comissão gestora da Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) na Câmara está fazendo a adequação das lixeiras ao novo padrão, e, nesta segunda-feira, 29.jul.2019, realizou um treinamento com os funcionários da empresa terceirizada que trabalham na limpeza e nas copas, com a presença também do presidente da Casa, vereador Omar Tomalih (PSB).

“Passamos informações para que as funcionárias da limpeza saibam qual será o procedimento, como será feita a destinação e para que elas possam fazer a quantificação dos resíduos gerados. Elas passarão a fazer a coleta dos resíduos já separados, porque os servidores serão orientados ao descarte de forma separada, e quantificarão os resíduos, para que possamos monitorar esse fator dentro da A3P”, explica a coordenadora da comissão gestora, Kelli Cristina Dacol.

Destinação dos resíduos e compostagem

A coleta dos resíduos recicláveis e não recicláveis é feita pela empresa Ambiental, e vale destacar que não é feita a segregação dos diferentes tipos de materiais recicláveis (como papel, plástico, vidro e metal) no momento da coleta, e sim em um momento posterior, e por isso a Câmara também não fará o descarte separado de cada tipo de material, e sim dos materiais recicláveis como um todo.

Como ainda não há uma destinação apropriada para os resíduos orgânicos no município, o Legislativo fará a compostagem na própria sede, com a colocação de uma composteira na garagem. Após a compostagem, o material resultante será enviado ao horto da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, para ser utilizado como adubo.

A composteira será implantada dentro dos próximos 15 dias, período no qual será feita a quantificação dos resíduos orgânicos gerados, para que se possa determinar o tamanho do contentor necessário.

O novo padrão de descarte de resíduos será regulamentado por um ato administrativo da Câmara após as primeiras semanas de adaptação.

“A adoção do novo padrão e da compostagem são parte do trabalho que a Câmara vem realizando com o objetivo de aumentar a eficiência da atividade pública ao mesmo tempo em que promove a preservação ambiental”, destaca o presidente Omar Tomalih.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Confira o novo combo promocional da Personal Chef Fit Kris Borba

A Chef Kris traz nesse mês de setembro um combo Detox, super prático, econômico e muito saboroso
- Publicidade -