Escolas da Rede Municipal de Ensino de BC comemoram o Dia Internacional da Síndrome de Down

Ao todo, são atualmente 26 alunos com Síndrome de Down matriculados na rede de ensino do município.

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Tear Escola de Negócios abre novas turmas com aulas aos sábados

Inscrições abertas para o Programa de Desenvolvimento de Líderes da Tear Escola de Negócios
Divulgação

Nesta quinta-feira, 21.mar.2019, é comemorado o Dia Internacional da Síndrome de Down. Para marcar a data, as escolas da Rede Municipal de Ensino de Balneário Camboriú organizaram murais informativos e passeios. Ao todo, são atualmente 26 alunos com Síndrome de Down matriculados na rede de ensino do município.

“A data escolhida representa a trissomia do cromossomo 21, que confirma o diagnóstico da Síndrome de Down. É importante lembrar que a Síndrome de Down não é uma doença, mas sim uma condição genética, em que, em vez de 46 cromossomos, a célula conta com 47”, disse a diretora do Departamento de Educação Especial da SEDUC, Simone Hermes dos Santos Almeida. 

Na Agenda 2030 da ONU para o Desenvolvimento Sustentável, que é um plano global de ação para as pessoas, o planeta e a prosperidade, os países assumem o compromisso de que “ninguém fique pra trás”. Sendo assim, todas as pessoas com Síndrome de Down devem ter oportunidades para viver vidas plenas e serem incluídas em igualdade de condições com os demais, em todas as esferas da sociedade.

Um exemplo dessa inclusão é Murilo Vieira, aluno do Núcleo de Educação Infantil (NEI) Odácia Tereza Damázio, que enche de orgulho a instituição, sua turma, Jardim IIB, e as professoras Bruna Martins e Jusara Leite. “Por meio de muita estimulação, interação com os colegas e o trabalho pedagógico que é desenvolvido de maneira a alcançá-lo junto aos demais, Murilo participa de todas as atividades junto às crianças, faz educação física com prazer e costuma pedir abraços de toda a turma quando conclui o que foi direcionado pela professora. Já foi até o prefeito em um dos teatros desenvolvidos no NEI, e não há desafio para ele que não seja tirado de letra!”, afirma a supervisora do NEI Odácia Tereza Damazio, Valéria Arendt.

O paciente terá o acompanhamento até o final do tratamento; Podem participar todas as pessoas da comunidade de Balneário Camboriú e região.

Posted by Click Camboriú on Thursday, March 21, 2019

COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Saiba onde comemorar o aniversário de Balneário Camboriú

Balaroti realiza no dia 20 de julho uma festa especial para os clientes
- Publicidade -