- PUBLICIDADE -

Alargamento da praia deve valorizar imóveis em Balneário Camboriú

Segundo estudos, duplicar a largura de uma praia como se pretende fazer em Balneário Camboriú traria valorização imobiliária de 26%

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Galeria M.I.U. inaugura lado B com a exposição engenhariaREVERSA neste sábado, 12

A Galeria M.I.U. e o artista ONESTOdiesel convidam a todos para o pocketshow e uma tarde de texturas, contrastes, cores, vinhos e um bom papo

Recentemente o prefeito de Balneário Camboriú, Fabricio Oliveira, assinou o contrato do alargamento da praia Central da cidade, obra na ordem de R$66,8 milhões e que impactará todos os setores da economia na cidade. Um dos segmentos que já comemora é o da construção civil, que, mesmo com a pandemia, manteve seu ritmo acelerado, projetando a cidade e atraindo cada vez mais investimentos.

Estudos referentes a cases similares foram realizados pelo Appraisal Institute, nos Estados Unidos, com o case das praias de Garden City e Surfside Beach, na Carolina do Sul, concluindo que a cada 10% de aumento na largura de uma praia, o valor dos imóveis pode crescer até 2,6%. Segundo esse cálculo, duplicar a largura de uma praia como se pretende fazer em Balneário Camboriú traria valorização imobiliária de 26%.

De acordo com a prefeitura, a expectativa é que até março o canteiro de obras esteja pronto e obra de dragagem possa ser iniciada.

Para o diretor de mercado e marketing da FG Empreendimentos, a obra vem para preencher uma lacuna na cidade e potencializará novos investimentos, nas mais diferentes áreas. “O mercado da construção civil vem crescendo exponencialmente nos últimos anos, posicionando Balneário Camboriú na rota de grandes investimentos, como foi o caso da FG Big Wheel e de tantos outros equipamentos que estão contribuindo para o crescimento da região. Com o alargamento da faixa de areia, teremos um atrativo a mais para posicionar a cidade e atrair cada vez mais capital para a região”, pondera Baron.

Para os próximos dois anos, segundo o presidente da FG Empreendimentos, Jean Graciola, a empresa projeta lançamentos na ordem de três bilhões de reais, em Balneário Camboriú trazendo empreendimentos surpreendentes, que deixarão o skyline de Balneário Camboriú ainda mais impressionante, com projetos que prometem desafiar a engenharia civil, pela sua imponência e diferenciais.

A obra de reestruturação da Praia Central de Balneário Camboriú é esperada há décadas e visa proteger a praia e retornar a faixa de areia original dos anos 1950. Em 2001 foi feito plebiscito que teve ampla aprovação da comunidade em relação a esta obra. Com o alargamento será possível a implementação posterior de novos equipamentos turísticos ao longo da orla.

Dados da Recuperação da faixa de areia da Praia Central

  • Objetivo é devolver à orla as mesmas condições que tinha no passado.
  • Volume de areia estimado: 2, 155 milhões de metros cúbicos. 
  • Média de metragem de largura da praia: 70 metros, atualmente tem 25m.
  • Tamanho da Praia Central: 5,8 km.
  • Areia a ser utilizada: jazida a 15 km da costa.
  • Prazo previsto da obra: de seis a nove meses.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

PagAuto vende seu veículo em 50 minutos: rápido, seguro e sem burocracia

Em até 50 minutinhos, o seu veículo é vendido, em uma negociação 100% segura, com avaliação profissional e pagamento na hora
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.