- PUBLICIDADE -

Alargamento da faixa de areia é autorizado em cerimônia com a presença do governador

Obra de recuperação da faixa de areia da Praia Central era aguardada há décadas

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Curso de Gastronomia da UniAvan é reconhecido com conceito 5

Infraestrutura moderna, formação dos professores e possibilidades de estágios internacionais são alguns dos diferenciais destacados

BALNEÁRIO CAMBORIÚ – A Licença Ambiental de Instalação (LAI) da obra de recuperação da faixa de areia da Praia Central de Balneário Camboriú foi entregue nesta sexta-feira, 18.dez.2020, em cerimônia que contou com a presença do governador do Estado, Carlos Moisés. A LAI foi aprovada pela Comissão Central de Licenciamento Ambiental (CCLA) do Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) na terça-feira (15).

“Hoje é um dia histórico pra Balneário Camboriú, o dia em que nossa cidade recebe do Governo do Estado a autorização ambiental para a reestruturação da faixa de areia da Praia Central. Uma obra aguardada há décadas e que será feita rapidamente, em menos de seis meses, devolvendo ao nosso principal cartão-postal as características que a praia tinha nos anos cinquenta. Uma trabalho de primeiro mundo que vai proteger a orla e ainda marcar um novo tempo, já que permitirá a criação de novos espaços públicos, privilegiados, para melhorar os equipamentos da Praia Central em favor das pessoas”, comemorou o prefeito Fabrício Oliveira.

O governador Carlos Moisés em seu discurso reiterou a importância da obra: “Liberamos também essa mesma licença para a Praia de Canasviera, com todos os criterios e cuidados ambientais necessários. E temos certeza que essa obra será um marco para Balneário Camboriú. Espero voltar em breve e vê-la concluída”, considerou o governador.

Contrato com o Consórcio vencedor foi assinado na cerimônia

“Assinamos hoje, também, o contrato com o consórcio que irá fazer a obra. Estamos organizando um cronograma com eles para que, a partir de janeiro, inicie a montagem do canteiro de obras e os preparativos para o posterior deslocamento para cá da draga que irá ser utilizada no serviço”, explicou o prefeito.

O contrato assinado com o Consórcio DTA/JAN DE NULL, formado pelas empresas DTA Engenharia e Jan de Null do Brasil Dragagem, é no valor de R$ 66,8 milhões. O preço de referência da licitação era de R$ 85 milhões. Na contratação houve uma economia para o Município de R$ 18,2 milhões.

A obra de reestruturação da Praia Central de Balneário Camboriú é esperada há décadas e visa proteger a praia e retornar a faixa de areia original dos anos 1950. Em 2001 foi feito plebiscito que teve ampla aprovação da comunidade em relação a esta obra.

Com o alargamento será possível a implementação posterior de novos equipamentos turísticos ao longo da orla. O projeto de revitalização será apresentado à comunidade no começo de 2021.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Comece bem o verão com marmitas caseiras da Light Food BC

Por sua qualidade de vida e saúde, nos dias quentes mantenha uma alimentação saudável com as marmitas da Personal Chef Fit Kris Borba
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.