- PUBLICIDADE -

Ação do MPSC garantiu mais de R$ 43 milhões de repasses do Estado para o Hospital Ruth Cardoso

Decisão judicial ordenou o bloqueio de até R$ 2 milhões por mês para garantir o custeio dos atendimentos de pacientes vindos dos municípios vizinhos

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser em agosto

10 sessões de depilação a laser em uma área pequena! Não vai perder esse presentão, né?

BALNEÁRIO CAMBORIÚ – O Hospital Municipal Ruth Cardoso (HRC) já recebeu pelo menos R$ 43 milhões do Governo do Estado em repasses mensais garantidos por meio de bloqueio determinado pela Justiça, por força de decisão em Agravo de Instrumento interposto pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) em Ação Civil Pública (ACP) ajuizada pela 6ª Promotoria de Justiça de Balneário Camboriú.

A decisão judicial ordenou o bloqueio de até R$ 2 milhões por mês para garantir o custeio dos atendimentos de pacientes vindos dos municípios vizinhos a Balneário Camboriú – Camboriú, Itapema, Bombinhas e Porto Belo – e os repasses variam entre R$ 1 milhão até R$ 2 milhões conforme a demanda.

O Ministério Público, ainda, já levou a situação financeira do hospital ao conhecimento do Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina (TCE-SC), em expediente encaminhado pela 6ª PJ, a fim de fomentar a realização de auditoria nas contas do hospital, em especial diante dos volume mensal de repasses ao HMRC por parte do Estado de Santa Catarina. Este encaminhamento foi protocolado no TCE-SC sob o número 18373/2020, e atualmente aguarda conclusão.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Camboriú Play recebe o youtuber Natan Por Aí nesta sexta-feira, 12

O podcast acontece ao vivo às 13h30, pelo canal do Camboriú Play no YouTube
- PUBLICIDADE -