- PUBLICIDADE -

Parque Raimundo Malta será reestruturado e terá Plano de Manejo

O parque ficará fechado para visitas e acesso às trilhas ecológicas nos próximos seis meses

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser em agosto

10 sessões de depilação a laser em uma área pequena! Não vai perder esse presentão, né?
Parque Raimundo Malta
Arquivo PMBC

A Secretaria do Meio Ambiente (Semam) de Balneário Camboriú informa que o Parque Natural Municipal Raimundo Gonçalez Malta estará fechado para visitas e acesso às trilhas ecológicas nos próximos seis meses. A medida atende determinação do Ministério do Meio Ambiente, para que seja elaborado o Plano de Manejo do Parque, já que não possui. Ainda é preciso que todas as instalações sejam reestruturadas. Nesse período, as atividades administrativas permanecem em funcionamento.

A educadora ambiental do Programa Terra Limpa, desenvolvido pela Semam, Viviane Ordones, afirma que a suspensão foi solicitada pelo prefeito Fabrício Oliveira e pelo secretário Ike Gevaerd logo nas primeiras semanas do atual Governo. “O Ministério do Meio Ambiente determina que uma unidade de conservação deve elaborar um Plano de Manejo nos primeiros cinco anos de funcionamento. O Parque completa 24 anos em 2017 e ainda não possui, por conta disso foi solicitado de imediato este período de avaliação”.

A educadora salienta que toda a estrutura do Parque já está sendo repensada. “Recebemos em torno de mil alunos por mês e mais de 300 visitantes nos fins de semana, por conta disso, é necessário uma estrutura adequada para receber este grande número de pessoas. Pensamos em reestruturar as trilhas de uma forma educativa, para que de fato ocorra a educação ambiental durante o percurso. Além disso, banheiros e outras estruturas serão reformadas para garantir a segurança e bem-estar de todos”, disse.

De acordo com o Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC), o Plano de Manejo é o documento técnico mediante o qual, com fundamento nos objetivos gerais de uma unidade de conservação, se estabelece o seu zoneamento e as normas que devem presidir o uso da área e o manejo dos recursos naturais, inclusive a implantação das estruturas físicas necessárias à gestão da unidade.

O Departamento Fitoterápico, que fica no Parque, mantém a distribuição dos chás medicinais à comunidade. O atendimento acontece nas segundas, quartas e sextas-feiras, das 13h às 17h.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem
- PUBLICIDADE -