- PUBLICIDADE -

Égua abandonada pari no centro de BC

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

egua
Foto: Jeane Munaretti

Uma cena que entristeceu e revoltou os moradores de Balneário Camboriú nesta segunda-feira (26) foi o parto de uma égua abandonada em plena via pública. O fato aconteceu na Rua 600, no centro da cidade. Ao ser informado do caso o secretário de Desenvolvimento e Inclusão Social, Luiz Maraschin, mobilizou toda a sua equipe que, em conjunto com as secretarias do Meio Ambiente e Obras, trataram imediatamente de prestar atendimento ao animal e seu filhote, que muito debilitados encontravam-se em um local cedido pelos moradores e vizinhos, os quais prestaram os primeiros socorros após o parto.

A moradora que denunciou o fato, Beatriz Maria Theodoro, relatou que este animal estava pela redondeza a mais de duas semanas. O dono, ao saber da situação, nada fez para minimizar o sofrimento do animal. “Nem água ele levava para a égua que, presa por uma corda, comia pasto em um terreno baldio. Ficamos muito revoltados com tudo isso”, ressaltou Beatriz.

Na tarde desta quarta-feira (28), por meio da Secretaria de Obras, foi feita a remoção da mãe e do filhote, para uma propriedade particular cedida pelo coordenador comercial Jony Rodiney Rech, onde serão alimentados e medicados conforme orientação médica.

Segundo o veterinário André Schuch, que atendeu a égua e o potro no local, os animais estão bem, apesar de muito debilitados. “A nossa grande preocupação é com o potro que pode não sobreviver por ter ficado exposto ao tempo e a falta de alimentação adequada nos primeiros dias de vida. Agora resta medicá-los e alimentar a mãe para que ela produza muito leite”, explica o profissional.

Segundo Luiz Maraschin, quando se fala em inclusão social se fala também em solidariedade. “Nós nos sensibilizamos com o problema e prestamos todo o atendimento necessário para o resgate e bem estar dos animais”, frisou Maraschin. Todo o tratamento e alimentação dos animais será custeado pelo município.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.