- PUBLICIDADE -

Praia Limpa mantém trabalho durante o Carnamboriú 2010

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

O projeto Praia Limpa, promovido pela Prefeitura de Balneário Camboriú através da Secretaria do Meio Ambiente – Semam, continuará o cronograma de atendimento na Praia Central, durante o Carnamboriú 2010 – o carnaval de Balneário Camboriú. O evento trará neste final de semana quatro grandes shows nacionais, matinês infantis, desfiles de blocos e escola de samba, entre outras atrações e isso não trará impedimento ao projeto, que estará atendendo das 8 às 18 horas, com monitores espalhados pela praia, de norte a sul da orla e sem interrupções.

Até o último dia 5, foram distribuídos pelo projeto 166 mil saquinhos para o lixo, aproximadamente 15 mil cinzeiros ecológicos e 87,6 mil pulseiras coloridas para a identificação de crianças por setores da praia. A orla foi dividida em cinco cores e em cada setor um grupo de monitores realiza o aconselhamento para a manutenção da limpeza da praia, orientações sobre os aspectos ambientais da orla, informações turísticas, promove o projeto Agente da Paz do Judiciário e faz a identificação dos menores e idosos com pulseiras que indicam em qual setor está sua família.

Segundo pontua o secretário do Meio Ambiente André Ritzmann, o número de freqüentadores da praia tem aumentado em razão das altas temperaturas registradas, mas, mesmo assim, o trabalho tem alcançado as expectativas. “Todos os dias, os monitores fazem a conscientização, distribuem os materiais, independente da temperatura ou do sol forte”, garante o secretário. Para ele, é importante a presença do Poder Público na praia, de uma maneira positiva, orientando, ajudando, atendendo aos moradores e turistas, diretamente. “Não queremos punir ninguém, não é uma fiscalização. Queremos orientar para a mudança de um hábito negativo para todos”.

Já a assessora da Semam, Haidée Assanti, afirma que o trabalho está produzindo efeitos positivos. “As pessoas estão se habituando a manter a faixa de areia mais limpa. O comentário entre moradores e turistas, é que os banhistas estão mais educados e mantendo a orla sem lixo”, analisa.

Os monitores constatam que muitos pais e mães ainda resistem em identificar os filhos com as pulseiras de cor, pois alegam que seja uma ação “desnecessária”. Porém, a maioria das crianças na praia já se habituou a colocar a identificação, o que facilita que sejam encontradas rapidamente, caso se percam dos pais ou responsáveis. Nesta semana, os monitores do Praia Limpa registraram um caso de uma criança de quatro anos sem identificação que passou quase uma hora na barraca do projeto, esperando que sua mãe fosse ao seu encontro. “É ruim para os pequenos e um susto enorme para os pais”, complementa Haydée.

O projeto Praia Limpa tem recebido muitos elogios da mídia e das pessoas que o conhecem, afirma a assessora. “Isso deixa nossos monitores e todos nós orgulhosos e motivados, e nos dá a certeza de que estamos agindo em favor da sustentabilidade de forma geral, afinal, manter a praia limpa é dever de todos nós”, complementa.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.