Atleta de Balneário Camboriú conquista quinta colocação em Mundial de Kung-fu

Lucas Sorin, ficou com a quinta colocação no 14th World Wushu Championships de Kung-fu, na Rússia.

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

(Arquivo FMEBC)

O atleta de Balneário Camboriú Lucas Sorin, ficou com a quinta colocação no 14th World Wushu Championships de Kung-fu, na Rússia. A competição que terminou neste domingo (01), reuniu os melhores lutadores da modalidade do mundo.

Lucas, que além de lutador é professor da modalidade, na Fundação Municipal de Esportes, começou muito bem na competição. A primeira vitória diante da Jordânia veio com tranquilidade, a não ser por um problema, uma contusão no pé. O brasileiro foi acompanhado por um fisioterapeuta, até poucos momentos antes de seu próximo combate.

A segunda luta, diante da Tunísia, começou complicada, com o atual vice-campeão islâmico abrindo vantagem. Mas Lucas encaixou a luta e conseguiu a virada, faturando a segunda vitória da competição.

A eliminação veio nas quartas de final, diante do segundo colocado do último mundial, a Índia. O atleta lamentou a derrota, mas ele viu a competição com bons olhos, comparando o investimento dos dois países na modalidade. “Busquei a vitória a todo instante, mas infelizmente era o dia dele. A tão sonhada medalha não veio, mas cada vez vou me dedicar mais, para ter uma colocação melhor no Mundial 2019 que ocorre na China”, pontuou Sorin.

Agora, Lucas quer se dedicar aos seus alunos. “Vou focar nos meus atletas que tem um grande futuro na modalidade, meu corpo está pedindo um descanso para cuidar das lesões”, completou o atleta.

Suas próximas grandes competições são o Pan-Americano 2018 em Buenos Aires e o Mundial na China, em 2019.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -