Rapaz que quebrou computador na câmara revela o motivo do ato

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

muriel

Este é Muriel Nunes da Silva, técnico da segurança do trabalho. Ele é o rapaz que quebrou um computador na câmara de vereadores, na sessão de terça-feira (9). Neste vídeo ele traz, supostamente, revelações comprometedoras sobre situações irregulares na câmara de vereadores.

Contratado pelo legislativo para fazer um laudo de insalubridade, ele declara que se negou a fazer o que foi pedido: que fosse feito um laudo de insalubridade para dar a eles um adicional de salário que não é devido.

Ainda segundo Muriel, ele teria dado a solução: não seria dado o adicional, mas que a situação teria que ser modificada, digitalizando os arquivos e colocando todos os documentos em plásticos para que fossem preservados. Porém, não aceitaram. Queriam somente o adicional.

“[…] além de eles não lerem o meu laudo, aonde eu dizia o que fazer e como arrumar as coisas, eles ainda […] me exigiram que eu mudasse o laudo e colocasse no laudo o valor que eles queriam, que era 20 ou 40% de adicional.”

Sem citar nomes, ele diz que tem recebido ameaças e, por conta disso, pode ser que saia do país.

Assista ao vídeo:

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -