- PUBLICIDADE -

Família reconhece cachorro desaparecido em site de classificados

Cachorro desaparecido no dia 31 de dezembro estava sendo anunciado na OLX

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem

guga olxO desaparecimento de um cachorro da raça pug em Balneário Camboriú mobilizou as redes sociais. Guga sumiu sem deixar pistas no dia 31 de dezembro, em frente a loja da família na Quinta Avenida, no bairro Vila Real. Prestes a completar um mês do ocorrido, a família reconheceu o animal em um site de classificados em busca de uma “namorada”.

A tutora Bárbara Pinheiro, de 26 anos, se passou por uma interessada, pegou emprestado uma fêmea de pug, entrou em contato e marcou um encontro. “Como não tinha certeza, porque fotos enganam, apresentei uma namorada e assim me aproximei do meu Guga”, relata.

Bárbara chegou a ter dúvidas se era mesmo Guga porque ele não teve reação ao vê-la. “Confesso que a primeira reação dele me chocou muito, pois ele reagiu com calma e nem olhou na minha cara, só queria saber da fêmea que peguei emprestada e levei. Quase cheguei a pensar que não era ele e vim embora”.

Voltou para casa sem saber o que fazer, mas por incentivo de amigas falou a verdade para a anunciante. “Avisei que não ia envolver polícia, mas que ela tinha comprado um cão roubado e ele era meu. Ela confirmou que então era meu, mas queria saber como ficaria o valor de R$ 1.100 que havia pago por ele”, conta.

Naquele mesmo dia marcaram o reencontro. “Chegando la de novo a reação fria do Guga (acredito ser um estado de choque, pois tb estava assim), olhamos a cicatriz e tudo se confirmou, porem para minha surpresa quando comecei a chorar ele se desesperou e me reconheceu, quase teve um colapso de ansiedade e eu também quase tive um”. Guga voltou para casa e Bárbara pagou o custo da suposta compra.

(Arquivo Pessoal)
(Arquivo Pessoal)

“As pessoas que estavam com ele eram pessoas boas? Não sei, poderiam estar mentindo, também poderiam estar falando a verdade, cabe a Deus julgar. Eles disseram que compraram o Guga e que a pessoa ficou de levar os documentos e sumiu, devolvi o valor que afirmaram que pagaram e não quis saber de mais nada”, desabafa.

Bárbara não sabe se aquela família realmente comprou o animal, mas faz questão de deixar um alerta. “Pensem bem antes de comprar um animal adulto só porque é mais barato, vocês estão financiando roubo de cães, estão prejudicando o próprio animal e uma família inteira”, finaliza.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Imobiliária de Balneário Camboriú aluga imóvel em até 30 dias ou paga o condomínio

A imobiliária promete alugar o imóvel em até 30 dias, ou pagar o condomínio ao proprietário
- PUBLICIDADE -