Construção do Centro de Eventos tem encaminhamento na Capital

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Foto: Alessandra Damaceno / Divulgação
Foto: Alessandra Damaceno / Divulgação

Balneário Camboriú é uma cidade de mar, sol e será também de grandes eventos. No final da tarde de segunda-feira (10), o prefeito Edson Renato Dias, Piriquito, juntamente com uma comitiva formada por representantes técnicos do Escritório de Projetos municipal, Legislativo, secretários da Santur e entidades de classes, esteve no Centro Administrativo do Governo de Santa Catarina, em Florianópolis, para apresentar o projeto oficial de construção do Centro de Eventos. “A luta para a concretização do Centro Eventos é de todos nós. Somos privilegiados de estarmos aqui vivendo este momento de grande importância para a nossa cidade e região”, ressaltou ao ser recebido pelo vice-governador, Eduardo Pinho Moreira.

Para o prefeito, não existe projeto individual que possa se sobrepor ao interesse do coletivo, uma vez que o objetivo do homem público é fazer com que as coisas aconteçam e os projetos se tornem realidade. “Nossa luta é pela comunidade, por isso, em alguns momentos compreendemos que se fazia necessária a postura de chamar a atenção do governo. Este posicionamento foi importante para que pudéssemos estar vivendo agora este om relacionamento com o Estado”, salientou.

Segundo Piriquito, o compromisso está assumido, agora é seguir rumo aos procedimentos para que as obras iniciem o quanto antes. “Estamos trazendo a representatividade de um polo de desenvolvimento, que irá desenvolver ainda mais Santa Catarina”, ponderou.

O vice-governador, Eduardo Pinho Moreira, que recebeu a comitiva em seu gabinete, comentou sobre o desenvolvimento de Balneário Camboriú e as ações dos governos nos últimos anos. “Agora é preciso colocar em processo profissional, pois a intenção é que os encaminhamentos necessários sejam dados o quanto antes, para que as obras iniciem o mais rápido possível”, enfatizou.

De acordo com o secretário de Turismo, Cultura e Esporte de Santa Catarina, Beto Martins, o local que receberá o novo Centro de Eventos irá se transformar em um grande parque de negócios, o que fomentará o seu entorno. “Tomamos a liberdade de fazermos um plano de negócios, um estudo do que isto irá representar para a economia do Estado. Acreditamos que em dois ou três anos já veremos os bons resultados, e isso significará muito para Santa Catarina”, destacou.

Conforme Martins, o governo não tem interesse algum em assumir a paternidade da obra, uma vez que a preocupação é que ela seja um instrumento que atenderá o Estado. “Todos, em algum momento, participaram desse projeto, por isso, nosso alinhamento é com a cidade, para conciliar e realizar o projeto conforme foi feito e apresentado pelo município. Tudo que definirmos aqui será repassado a Prefeitura, ao Legislativo e as entidade de classe”, explicou.

O secretário da Fazenda do Estado, Antônio Marcos Gavazzoni, também participou da reunião e ressaltou a importância de Balneário Camboriú para Santa Catarina, “sobretudo, para a classe empresarial, uma vez que ela leva a marca catarinense para o mundo”.

Representando as entidades de classe, Anésio Fenner (Sincomércio – sindicato do comércio varejista de Balneário Camboriú) e Dirce Fistarol (Sindisol – sindicato dos hotéis, restaurantes e afins do município), comentaram sobre a felicidade de participarem daquele momento histórico. “Não poderíamos faltar neste momento, pois a criação do Centro de Eventos era a nossa bandeira, e não há dúvidas de que este turismo de eventos trará muitos benefícios ao nosso munícipio”, concordaram.

Entre os representantes do Legislativo municipal, o vereador Fábio Flor falou sobre a importância desta nova matriz econômica para a cidade, frisando também o estreitamento de laços do prefeito com os governos Federal e Estadual. “O entendimento é único, pois quem ganha é Balneário Camboriú e região”.

Depois da reunião, o prefeito Piriquito, juntamente com o corpo técnico do projeto, participou de uma reunião com os secretários de estado, o procurador Gerson Schwerdt e o consultor executivo Dagoberto Arens, do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra) para tratar dos próximos passos, rumo ao início da obra.

O Centro de Eventos terá 37 mil metros quadrados e será construído às margens da BR 101, onde hoje encontra-se o pavilhão de eventos Cyro Gevaerd. Para a construção da obra estão garantidos os recursos no valor de R$ 55 milhões, repassados pelo Governo Federal e R$ 20 milhões pelo Governo do Estado.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -