BC deve se preparar para evento mundial

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Os setores envolvidos com o turismo da região deverão se preparar para um dos maiores eventos turísticos esportivos mundiais. Itajaí – localizada a 12 quilômetros de Balneário Camboriú – irá sediar, em abril do próximo ano, a regata de volta ao mundo, ou Volvo Ocean Race, que deverá gerar, ao menos, um movimento de 150 mil visitantes na região entre os dias 4 e 22 do mês. A grande preocupação dos dirigentes de turismo é receber bem esse público, que terá como idioma principal o inglês e deverá intensificar positivamente todas as áreas ligadas ao trade.

A regata de volta ao mundo é uma conquista para Itajaí e cidades vizinhas, como comenta o secretário executivo do Comitê Organizador da Volvo Ocean Race – Etapa Itajaí, João Luiz Demantova. “Para sediar o evento, o município concorreu com cidades como Rio de Janeiro, Angra dos Reis e Santiago do Chile. A prova tem a característica de transformar a localidade sede em referência no turismo, como aconteceu com Alicante, na Espanha, e Galway na Irlanda, que tinham esta atividade moderada e hoje apresentam expansão no setor”, analisou Demantova, que apresentou o projeto para o Comitê de Turismo do Consórcio da Costa Verde e Mar (Citmar), em Itajaí, na terça-feira (14).

O secretário de Turismo de Balneário Camboriú, Carlos Humberto Silva, presente à reunião de apresentação do projeto, classificou a regata como “um evento diferenciado, ao que se costuma participar para divulgar a região”. Para ele, o acontecimento irá atrair turistas qualificados e irá oportunizar às cidades da Costa, como deve acontecer com Balneário Camboriú, serem conhecidas por visitantes que não são frequentes no litoral centro-norte catarinense. “Iremos chamar a atenção de europeus, americanos e turistas em potencial de outros continentes”, disse Carlos Humberto, pontuando que a regata irá ser divulgada de forma intensa em mais de 10 países, de cinco continentes.

Mas o dirigente se diz preocupado com a necessidade de capacitação do trade. “Será muito importante participarmos desse processo, como também procurarmos a qualificação apropriada. Devemos inserir o idioma inglês aos nossos cardápios, folhetos de divulgação de nossos hotéis, equipamentos turísticos, enfim. A Sectur, certamente, estará promovendo em parceria com sindicatos e associações ligadas ao turismo, o curso de inglês básico para nossos atendentes”, certificou.

A regata Volvo Ocean Race terá chegada em Itajaí no dia 4 de abril de 2012 e partirá no dia 22. Durante este período e nos dias próximos (antes e depois), movimentará hotéis, comércios, prestação de serviços, gastronomia, além de outros setores que serão procurados pelos visitantes e pelos envolvidos com a prova. Estima-se uma audiência televisiva on-line de um público de cerca de dois milhões de internautas, pois a televisão será transmitida mundialmente em canal aberto.

O roteiro inicia em Alicante, na Espanha, e passa por cidades como Cape Town (África do Sul), Abu Dhabi (Emirados Árabes), Auckland (Nova Zelândia), Miami (Estados Unidos), Itajaí (Santa Catarina/Brasil) e Lisboa (Portugal), com um total de 72.728 quilômetros de navegação, durante nove meses de disputas entre velejadores campeões. Também participa da corrida Torben Grael, o grande vencedor da última prova.

O público local poderá acompanhar vários eventos que serão promovidos paralelamente de forma gratuita, na “Race Village” – a vila da corrida – como exposição em estandes, simuladores de jogos, cinema em alta definição, centro de palestras, mostra náutica e festa de premiação.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -