Trabalho no Mercosul traz visitantes a Balneário Camboriú

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Jornalistas, agentes de viagens e grupos de aposentados já antecedem a temporada de verão e chegam a Balneário Camboriú de forma expressiva. Organizadas por empresas que comercializam a cidade no Mercosul, as viagens de familiarização (famturs) proporcionam aos visitantes conhecer o município, seus atrativos turísticos e localidades próximas. Como conseqüência, acabam trazendo novos turistas para toda a região.

No último mês, alguns grupos estiveram conhecendo o comércio local, o complexo turístico Cristo Luz, o Parque Unipraias, e, entre os passeios, também conheceram o Beto Carrero World, na cidade de Penha. Dois deles vieram de Buenos Aires pela operadora Nafulltur, sendo um de aposentados e outros de agentes de viagens e jornalistas. Uma terceira famtur veio do Paraguai pela Travel Group e outra, da Alemanha, pela Tramex com aproximadamente 20 operadores europeus da cidade de Hamburgo, se disseram impressionados com o atendimento e estrutura vista nos estabelecimentos do trade.

Entre dezenas de famturs que acabam passando pela região durante o ano, mas que nem sempre são informadas junto à Sectur, muitas acabam gerando grandes matérias jornalísticas, como é o caso da famtur marcada para 2 e 3 de outubro próximos, quando estarão na cidade um jornalista e um fotógrafo de Curitiba, com roteiro organizado pela empresa Ceretur, que produzirão reportagens para sete meios de comunicação.

O secretário de Turismo de Balneário Camboriú, Ademar Schneider, explica que agentes de viagens e jornalistas vem pessoalmente à cidade para melhor vender e expor a temporada oferecida em nosso litoral. “A vinda deles demonstra que o trabalho de divulgação que realizamos no Mercosul, principalmente pelo projeto Workshop Trade, estão recebendo grande retorno. Mostra ainda que nossa região exerce uma importante atração em suas vendas e notícias”, conclui Ademar. Ele ainda enfatiza que é desejo da Sectur criar um canal de divulgação na Europa, pois o turista que vem de lugares mais distantes acaba se hospedando na cidade por períodos mais longos, “o que resulta em gastos maiores no comércio, na hotelaria e com entretenimento”.

Os grupos que vieram nesses últimos dias e entraram em contato com a Secretaria de Turismo ficaram hospedados na cidade a convite do trade e conheceram boa parte da estrutura turística do município.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -