- PUBLICIDADE -

PRF de SC em 1º lugar em notificações por radar no Brasil

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

prfEm razão das inúmeras fatalidades que ocorrem nas rodovias federais e do destaque negativo delas no trechos de rodovias que pertencem a Santa Catarina, verificou-se a necessidade imediata de uma fiscalização direcionada e intensa para coibir as infrações que mais ceifam vidas no trânsito do nosso Estado. Assim, com a observância de que a velocidade demasiada gera muitos acidentes ou contribui como agravante em muitos casos em que a causa é de outra natureza, fez-se necessário a fiscalização para a redução deste elemento nocivo presente no trânsito rodoviário.

Quando se trata de fiscalização de velocidade a alternativa mais célere e eficaz ainda é o uso de radares e das autuações sobre este excesso da velocidade (como preconiza a legislação). Dentro deste contexto de necessidade de fiscalização e do tipo de fiscalização mais adequado, a PRF catarinense adquiriu quatro equipamentos que empregam tecnologia de ponta (além de continuar com a utilização de outros equipamentos previamente adquiridos) e qualificou policiais, compondo equipes para realização da fiscalização de veículos flagrados extrapolando os limites de velocidade.

Fruto deste trabalho, desde o início do ano (até o dia 26/03), a PRF da regional de Santa Catarina tornou-se a maior autuadora de todos os estados brasileiros, para este tipo de infração e no âmbito da Polícia Rodoviária Federal.

O aumento na fiscalização rendeu, aos cidadãos do nosso Estado e aos transeuntes passageiros, um redução inédita no número de óbitos em acidentes de trânsito em rodovias catarinenses no mês de fevereiro e, vale ressaltar, mesmo em um período com as festas de Carnaval que adicionam embriagados e mais veículos nas vias públicas. Não obstante, se por um lado a fiscalização gera antipatia em virtude do ônus que traz aos infratores, certamente traz pessoas incólumes de volta para suas casas no gozo de suas vidas e trabalho.

A resposta inédita da fiscalização, traduzida em resultados, desenvolve um cenário ímpar que motivou a Direção do Departamento da PRF, em Brasília, trazendo dois Inspetores (responsáveis pelos radares na esfera nacional), para conferir os aparelhos, questionar os policiais trabalhando e trocar experiências sobre o tema.

Relatório de Radar – PRF- Brasil( Jan/Fev/Mar – até dia 26/03)

UF da Federação – Quantidade de infrações registradas
Santa Catarina – 37161
Paraná – 34449
Rio Grande do Sul – 29931
São Paulo – 28600
Rio de Janeiro – 20872
Espírito Santo – 6562
Distrito Federal – 4043


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.