PSDB coliga com MDB: Napoleão Bernardes será vice de Mauro Mariani

Negociação tira candidatura de Paulo Bauer ao governo; Ele se candidatará novamente ao senado

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Jogaderia resgata cultura dos jogos de tabuleiro no Balneário Shopping neste final de semana

Evento especial objetiva conectar as pessoas e proporcionar experiências com jogos longe das telas eletrônicas

Divulgação

O PSDB selou oficialmente, neste domingo (5), aliança com o MDB de Santa Catarina, que irá encabeçar a chapa com Mauro Mariani ao governo do Estado. O vice será o ex-prefeito de Blumenau, Napoleão Bernardes e as duas vagas ao Senado serão ocupadas por Paulo Bauer, que irá buscar a reeleição, e pelo deputado Jorginho Mello, do PR.

“Foi uma aliança construída com muito respeito. O PSDB é um parceiro de longa data, foi nosso principal parceiro nas eleições municipais. É uma aliança autoexplicativa. Por isso estamos muito felizes e honrados pela continuidade dessa união vitoriosa”, destacou Mariani.

Além de PSDB e PR, a aliança encabeçada pelo MDB conta também com o PPS, PTC, PTB, PRTB, PSDC e Avante. Os nove partidos somam juntos 1439 vereadores eleitos e mais de 150 prefeitos, além de vice-prefeitos, 3 senadores, 15 deputados estaduais e 9 federais.

Os emedebistas destacaram a participação dos partidos que desde o início participam do projeto, destacando as figuras dos deputados federais Carmen Zanotto e Jorginho Mello. Os gestos dos pretendentes da sigla ao senado, Paulo Afonso, Valdir Colatto e Edson Piriquito, que abriram mão das candidaturas, também foram ressaltados.

O governador Eduardo Pinho Moreira foi apontado como o “grande maestro” na construção do processo. “O PSD não cumpriu com o que foi acordado e vai pagar o preço por conta disso. A força que mostramos na convenção, assim como a força dos demais partidos aliados, nos coloca numa condição política favorável. A força e união desta aliança motivam nossa militância, que vai com corpo e alma para a campanha”, afirmou Moreira.

A coligação também firmou o compromisso de apoiar Geraldo Alckmin à Presidência da República, que tem a senadora Ana Amélia Lemos (PP) como candidata a Vice.

PSL catarinense optou por lançar candidato ao governo, vice e Senado apostando tudo na renovação.

Posted by Click Camboriú on Sunday, August 5, 2018


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Clínica Beleti: reabilitação orofacial e estética

Conheça um pouco do que a reabilitação orofacial pode fazer por você
- Publicidade -