Vereador ficará um ano sem resposta sobre Passarela da Barra

O requerimento é sobre os valores para a conclusão da Passarela da Barra, necessários para instalações físicas e pagamento de trabalhadores

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Maior edifício da América Latina tem elevador residencial mais rápido do Brasil

Com capacidade de se deslocar seis metros por segundo, o elevador poderá percorrer em menos de um minuto os 81 andares do Yachthouse

Facebook / Reprodução
Facebook / Reprodução

Um pedido de informações do vereador Claudir Maciel (PSD) completará um ano sem resposta após quinto pedido de prorrogação da prefeitura, em documento encaminhado nessa terça-feira (3) à Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú. O requerimento é sobre os valores para a conclusão da Passarela da Barra, necessários para instalações físicas e pagamento de trabalhadores.

O requerimento nº 74/2015 foi enviado em março de 2015 e desde lá os representantes da prefeitura enviaram cinco pedidos de prorrogação de prazo para resposta. O último prorrogou por mais 60 dias o período para responder o vereador – medida necessária para que o Chefe do Poder Executivo não responda por crime de responsabilidade e perca o mandato. A resposta foi adiada para até março desse ano.

O vereador pede no documento o laudo técnico de fiscalização da obra, valor de R$ 2,5 milhões para conclusão da passarela conforme divulgação da imprensa, valor de R$ 800 mil a ser pago à então empresa responsável e envio do cronograma de execução.

“A passarela faz parte de um conjunto de obras investigadas pelo Ministério Público Estadual, com suspeitas de fraude ocorridas em sua contratação e desejo essas informações para exercer meu papel de fiscalizar”, revela o vereador Claudir Maciel, no texto da proposição.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Gincana interescolar de BC visa aumentar o aproveitamento do resíduo reciclável

As unidades escolares - Centros Educacionais e Núcleos Infantis, receberão semanalmente as tarefas a serem desenvolvidas
- Publicidade -