- PUBLICIDADE -

PM prende motorista de caminhão que furtou celular em posto de gasolina

A vítima relatou que por um momento de distração, o motorista usou um papel para cobrir o celular e furtar sem que ela percebesse

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Camboriú Play recebe o youtuber Natan Por Aí nesta sexta-feira, 12

O podcast acontece ao vivo às 13h30, pelo canal do Camboriú Play no YouTube

ITAJAÍ – Na terça-feira (28), por volta do meio-dia, a PM recebeu uma ocorrência de furto de um celular ocorrido em um posto de gasolina em Biguaçu. A vítima é uma funcionária do caixa do estabelecimento que deixou o celular em cima do balcão enquanto atendia um motorista de caminhão que queria imprimir um CTe, que é um documento que registra prestações de serviço do transporte de cargas realizadas no Brasil.

A vítima de 34 anos relatou que por um momento de distração, o homem usou um papel para cobrir o celular e furtar sem que ela percebesse. Depois de o homem ter ido embora, a mulher percebeu que seu celular havia sumido, logo começou a ligar, porém ninguém atendeu.

A funcionária contou ao gerente do posto e através das câmeras de segurança conseguiram achar o autor do furto. Como havia sido impresso o CTe foi possível saber qual era o modelo e placa do caminhão, nome do motorista e também onde o caminhão iria descarregar a sua carga. O gerente e a funcionária foram até o local onde o caminhão iria descarregar, no município de Itajaí, e ligaram para o 190 para pedir apoio.

A PM ao chegar ao local, encontrou o motorista de 44 anos que entregou o celular furtado e não quis relatar nada aos policiais.

Diante do ocorrido foi dada voz de prisão ao homem e foi conduzido juntamente com a vítima para a Central de Plantão Policial para os demais procedimentos cabíveis.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem
- PUBLICIDADE -