- PUBLICIDADE -

8 pessoas são indiciadas em investigação de desvio de cestas básicas

Oito pessoas suspeitas de atuarem no esquema criminoso foram indiciadas pelos crimes de peculato e corrupção eleitoral

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Camboriú Play recebe o youtuber Natan Por Aí nesta sexta-feira, 12

O podcast acontece ao vivo às 13h30, pelo canal do Camboriú Play no YouTube

BARRA VELHA – A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Itajaí e da Delegacia de Polícia da Comarca de Barra Velha, no litoral Norte, concluiu uma investigação sobre suposto desvio de cestas básicas da assistência social da Prefeitura Municipal de Barra Velha para troca por votos na campanha eleitoral de 2020.

No dia 13 de outubro de 2020, antevéspera do primeiro turno das eleições municipais de 2020, foi identificada a entrega de um carregamento de cestas básicas em uma sala comercial no centro de Barra Velha. Segundo denúncias, o local funcionaria como comitê eleitoral e as cestas básicas lá armazenadas seriam utilizadas para compra de votos.

Segundo a apuração, ficou demonstrado que havia descontrole da distribuição das cestas básicas por parte da Secretaria de Assistência Social. Verificou-se que, das cerca de 5 mil cestas básicas adquiridas pela Prefeitura de Barra Velha no ano de 2020, quase 2 mil, cerca de 38% do total, foram distribuídas sem qualquer tipo de controle. Ainda, mesmo dentre as que seguiram todo o procedimento formal previsto, foram identificadas fraudes.

No decorrer das investigações foram identificadas oito pessoas suspeitas de atuarem no esquema criminoso, as quais foram indiciadas pelos crimes de peculato e corrupção eleitoral. O inquérito policial foi finalizado e encaminhado ao Ministério Público e à Justiça.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem
- PUBLICIDADE -