- PUBLICIDADE -

Homem joga bebê de 45 dias no sofá e agride a mãe até desacordá-la

Ocorrência de violência doméstica foi atendida pela Polícia Militar na Rua Nepal, no Bairro das nações

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Comece bem o verão com marmitas caseiras da Light Food BC

Por sua qualidade de vida e saúde, nos dias quentes mantenha uma alimentação saudável com as marmitas da Personal Chef Fit Kris Borba

Na noite deste sábado (26), a Polícia Militar foi acionada para atender a uma ocorrência de violência doméstica com lesão corporal na Rua Nepal, no Bairro das Nações, em Balneário Camboriú.

A vítima relatou aos policiais que possui relacionamento afetivo com o agressor há dois anos, e que nesta tarde, ela o acordou para auxiliá-la a dar banho na bebê de 45 dias do casal. Então, o companheiro pediu para que a mulher fizesse a janta, mas ela disse que não faria pois não estava se sentindo bem. Diante da negativa, o homem tirou a bebê que estava no colo da mãe e a jogou no sofá. Em seguida, pegou a mulher pelo pescoço e bateu a sua cabeça na parede por várias vezes. Após isso, passou a dar diversos socos em sua cabeça, até desacordá-la. Mesmo desacordada, ele continuou a agressão, até a mulher acordar novamente.

Logo que recobrou a consciência, a vítima abriu a porta do apartamento para fugir sendo que seu vizinho avisou que iria chamar a polícia. Somente assim o homem parou com as agressões. Na sequencia, ele pegou as chaves da casa e avisou que voltaria, e se evadiu antes da chegada da guarnição.

Ainda de acordo com a vítima, nos últimos dias o casal tem discutido bastante, mas essa teria sido a primeira vez em que o companheiro apresentou comportamento agressivo.

Foi acionada ambulância do Corpo de Bombeiros para atendimento emergencial da bebê e da mãe, sendo que ambas foram conduzidas ao Upa 24h do bairro das Nações.

Não foi possível constatar a gravidade das lesões da vítima até a saída da guarnição da unidade de pronto-atendimento, pois ela aguardava exames precisos. A bebê não possuía lesões aparentes e após avaliação pediátrica concluiu estar bem.

A guarnição lavrou o boletim de ocorrência orientando a vítima das medidas protetivas previstas pela Maria da Penha, bem como, dos procedimentos cabíveis ao caso.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Mesmo com a pandemia, coleta para reciclagem aumentou 31% neste ano

Ainda em 2019, a coleta de recicláveis deu um salto em BC em decorrência da implantação de novas políticas públicas
- PUBLICIDADE -

Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.