Pai de bebê que morreu após ser deixado dentro de carro é solto após pagar fiança

Entendimento é de que a pena moral - ou seja, a culpa existente pelo incidente - já está sendo aplicada

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Confira o novo combo promocional da Personal Chef Fit Kris Borba

A Chef Kris traz nesse mês de setembro um combo Detox, super prático, econômico e muito saboroso
Imagem ilustrativa

O pai do bebê de 10 meses que morreu após ter sido deixado dentro de um carro no centro de Itajaí, foi liberado após pagamento de fiança, ainda no fim da tarde desta sexta-feira, 09.mar.2019, em Itajaí.

O homem foi liberado após o pagamento de fiança no valor de um salário mínimo e responderá o processo em liberdade. O inquérito foi encerrado e encaminhado ao Judiciário.

Segundo o delegado regional, Márcio Luiz Colatto, o homem responderá pelo crime de homicídio culposo, quando não há intenção de matar, mas foi liberado pelo entendimento de que a pena moral – ou seja, a culpa existente pelo incidente – já está sendo aplicada, uma vez que o indiciado também seria vítima do fato.

O CASO

Carregado nos braços da mãe, o bebê já teria chegado morto ao hospital. A equipe médica tentou reanimá-lo, mas sem sucesso. Os pais da criança foram identificados pela Polícia Militar, que não foi acionada, mas ficou sabendo do caso por terceiros quando foi ao hospital por outro motivo, por volta das 14h. O pai, que teria sido o responsável por ter esquecido o menino no automóvel, foi localizado e detido, e
a mãe foi conduzida para a delegacia para prestar depoimento.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Maior edifício da América Latina tem elevador residencial mais rápido do Brasil

Com capacidade de se deslocar seis metros por segundo, o elevador poderá percorrer em menos de um minuto os 81 andares do Yachthouse
- Publicidade -