- PUBLICIDADE -

Suspeito de matar homem a facadas na orla da praia de Bombas é preso em Bombinhas

Quatro pessoas iniciaram uma discussão, e durante uma briga um dos envolvidos esfaqueou a vítima

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Comece bem o verão com marmitas caseiras da Light Food BC

Por sua qualidade de vida e saúde, nos dias quentes mantenha uma alimentação saudável com as marmitas da Personal Chef Fit Kris Borba

suspeito homicidio bombinhas
Divulgação

Na madrugada de sexta-feira (7), por volta de 1h, a Polícia Militar de Bombinhas foi acionada para atender uma ocorrência onde um homem estava caído na orla da praia, aparentemente sem vida.

Ao chegar no local os policiais encontraram uma pessoa em óbito, identificada posteriormente como Rodrigo Márcio Batista, de 35 anos, com sinais de perfurações de faca.

Segundo informações levantadas pela Polícia Militar e Polícia Civil, quatro pessoas iniciaram uma discussão, e durante uma briga um dos envolvidos esfaqueou Rodrigo.

Diante dos fatos relatados foram iniciadas buscas aos envolvidos, sendo o principal suspeito de ser o autor das facadas, João Rodrigo do Amaral Santos, de 32 anos, preso em uma residência localizada na Rua Tamanduá Mirim, Zé Amândio, Bombinhas. Com João Rodrigo, os policiais encontraram uma camisa totalmente suja de sangue, bem como duas facas escondidas e alguns equipamentos de origem duvidosas.

Um outro participante da briga, identificado como Ricardo Teixeira, de 37 anos, também foi localizado e preso pela Polícia Civil. Um terceiro participante da briga ainda não foi localizado.


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Mesmo com a pandemia, coleta para reciclagem aumentou 31% neste ano

Ainda em 2019, a coleta de recicláveis deu um salto em BC em decorrência da implantação de novas políticas públicas
- PUBLICIDADE -

Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.