- PUBLICIDADE -

Adolescentes são apreendidos tentando ligar moto furtada

Eles foram vistos empurrando a moto na Av. do Estado por moradores, que acionaram a PM pelo WhatsApp

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais

chaves
Chaves mixas utilizadas para tentar ligar a moto.

A Polícia Militar apreendeu dois adolescentes por furto de motoneta, na noite de sábado(22), por volta das 23h na Rua Codorna, Bairro Pioneiros, em Balneário Camboriú.

Uma guarnição foi informada pelo Coronel Evaldo, onde um integrante da Rede de Vizinhos da Av. do Estado teria avistado dois adolescentes empurrando uma motoneta.

A guarnição se deslocou até o local e abordou os adolescentes, que estavam tentando ligar a motoneta Honda Biz com uma chave falsa.

Foi feito contato com a proprietária, que confirmou o furto que havia acabado de acontecer.

Diante dos fatos, o adolescente de 16 anos (que já possui 55 boletins de ocorrência, entre os principais por dano, ameaça contra homem, roubo, posse e tráfico de drogas, furto, receptação, moeda falsa e dirigir sem habilitação) e o adolescente de 17 anos (que possui 8 boletins de ocorrência, entre eles por receptação, moeda falsa e furto) foram apreendidos em flagrante e encaminhados para procedimentos legais.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Clínica de odontologia da UniAvan oferece atendimento para cirurgias dentárias

Os procedimentos gratuitos serão direcionados a cirurgias de extração de dentes, remoção de freio, raiz quebrada, tratamento de lesões na boca, dentre outros
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.