- PUBLICIDADE -

Mulher é presa após tentar vender sua filha por 500 reais, em Balneário Camboriú

Foi constatado que a menina apresentava lesões pelo corpo e estava em visível estado de abandono

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Desenvolva as suas habilidades e competências de Liderança

Programas de MBA e Masters da Tear Escola de Negócios englobam participantes com ou sem graduação e é semipresencial com duração de 12 meses

A Polícia Militar efetuou a prisão de uma mulher pelo crime de abandono de incapaz por volta das 16h30min de terça-feira, 15, na Avenida Palestina, bairro das Nações, em Balneário Camboriú.

Uma guarnição da radiopatrulha recebeu a denúncia de que havia uma mulher tentando vender uma criança em um bar na esquina da Rua Tailândia. Os policiais se dirigiram ao local para averiguações e se depararam com a suspeita, em visível estado de embriaguez, tentando vender sua filha de aproximadamente quatro anos de idade a outros frequentadores do bar pelo valor de R$ 500. Uma das testemunhas que estava no recinto informou que uma outra mulher havia tentado comprar a criança, porém a solicitante havia conseguido impedir a ação.

Foi constatado que a menina apresentava lesões pelo corpo e estava em visível estado de abandono. Segundo informações levantadas no comércio, sua mãe consumia bebidas alcoólicas enquanto deixava a bebê passando fome, sozinha ou sob cuidados de outros clientes.

Diante dos fatos, o Conselho Tutelar foi acionado e Dalva Oliveira da Cruz, 32 anos, foi presa em flagrante.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.