- PUBLICIDADE -

Polícia Civil identifica verdadeiro autor de homicídio na Praia do Estaleirinho

Adolescente havia assumido a autoria do homicídio

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191

A Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú cumpriu ontem (19) o mandado de prisão em desfavor de E.R.C., 22 anos.

O autor foi investigado pelos disparos de arma de fogo que mataram Wesley Ferreira Luiz Candido, 20 anos, e feriram outro homem de 29 anos por “bala perdida”, no último dia 11 de setembro, em frente a uma casa noturna localizada na Praia do Estaleirinho.

Horas depois do crime, a Polícia Militar efetuou a prisão de E.R.C. e de outros dois homens, além de um adolescente de 17 anos que assumiu a autoria do homicídio. Com os homens foi encontrado a pistola calibre .380 utilizada no crime, além de drogas, duas motocicletas com registro de furto/roubo e uma camionete roubada com placas clonadas.

As investigações da DIC tiveram início na cena do crime, com o levantamento de testemunhas, e o desfecho das investigações com a tomada de depoimentos dos presentes na festa e interrogatório dos suspeitos, além da apuração de outras informações que levaram os Agentes à identificação de E.R.C. como o verdadeiro autor dos disparos.

Conforme relato de frequentadores da casa noturna, autor e vítima já haviam tido uma discussão no interior do bar e no momento de encerramento da festa, em frente à portaria, diversas pessoas presenciaram o mesmo autor efetuando os disparos contra a vítima.

Com os fatos, o Delegado Rodolfo Farah Valente Filho representou pela prisão preventiva de E.R.C., que foi deferida pelo Juízo Criminal de Balneário Camboriú.

Nesta segunda-feira, os Agentes da DIC cumpriram o mandado de prisão do criminoso que já se encontrava preso no Presídio de Itapema pelos crimes de receptação, posse de arma de fogo, tráfico de maconha, associação criminosa e corrupção de menores, juntamente com os outros dois homens presos em flagrante.

O menor que tentou assumir a autoria do homicídio permanece recolhido no Centro de Atendimento Socioeducativo Provisório (CASEP) de Blumenau.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.