- PUBLICIDADE -

Quatro homens são presos pela lei Maria da Penha no fim de semana, em Itajaí

Duas mulheres foram agredidas pelo marido, uma pelo pai, e outra pelo irmão

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Desenvolva as suas habilidades e competências de Liderança

Programas de MBA e Masters da Tear Escola de Negócios englobam participantes com ou sem graduação e é semipresencial com duração de 12 meses

Quatro homem foram presos por violência doméstica, e enquadrados pela lei Maria da Penha, no último fim de semana, dias 9 e 10, em Itajaí.

A primeira prisão aconteceu na manhã de sábado, após uma guarnição do 1° Batalhão ser acionada via Central Regional de Emergência para atender uma ocorrência na Rua Arnaldo Lopes, bairro Cidade Nova. Chegando ao local os policiais conversaram com a vítima que relatou que estava com o agressor em sua casa, e que ele sem motivo algum, investiu contra ela, lhe causando alguns lesões leves na face e braço. A vítima relatou ainda que sofre ameaças constantemente e que desta vez ele também a ameaçou de morte. A guarnição localizou L.C.D.S., de 38 anos,  no interior da residência, com visível sinal de embriagues e diante dos fatos dói proferida voz de prisão por violência contra mulher.

À tarde, por volta das 17h, um homem de 34 anos foi preso na rua Rodolfo Treder, no bairro São João, após agredir a irmã.

Já no domingo, a polícia foi acionada por volta das 13h, na Rua Waldemar da Silva, bairro Espinheiros. A vítima relatou que era agredida pelo seu pai, com quem morava, e que ele não deixava ela ir embora da casa com seus filhos. A guarnição constatou que o homem estava nitidamente embriagado e muito alterado, e ainda agrediu a filha na frente da guarnição. Diante dos fatos foi proferida voz de prisão em flagrante por violência doméstica à S.A.K. de 43 anos.

Mais tarde, por volta das 15h30min, a polícia se deslocou à Rua Nilton de Andrade, bairro Cidade Nova. Chegando ao local os policiais constataram a vítima que havia acabado de ser agredida pelo marido. A guarnição foi informada que o homem portava uma arma de fogo e efetuou buscas na residência, encontrando 21 munições de calibre 380, uma munição 9mm, e duas munições de fuzil 762. A arma não foi encontrada.

A vítima relatou que o marido queria cortá-la com uma serra makita, e na garagem havia uma extensão na tomada, que  segundo a vítima seria usada para ligar a serra. Diante dos fatos foi proferida voz de prisão em flagrante à O.L.D., de 45 anos.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.