- PUBLICIDADE -

Irmãos são presos por adulteração e falsificação de documentos, com dois carros clonados

Polícia encontrou indícios de falsificação de CRLV e atestados médicos em um notebook apreendido

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Desenvolva as suas habilidades e competências de Liderança

Programas de MBA e Masters da Tear Escola de Negócios englobam participantes com ou sem graduação e é semipresencial com duração de 12 meses

divulgação / PM
divulgação / PM

Neste domingo (22), por volta das 19h, uma guarnição do PPT estava em rondas pela Rua Lírios do Vale, no bairro Monte Alegre, em Camboriú, quando se deparou com um Renault Clio com placas de Palhoça/SC, estacionado em frente à residência de um homem já conhecido por possuir diversas passagens policiais.

Os policiais solicitaram para o plantão da 1ª CIA, para que fizessem contato com a proprietária do veículo. A proprietária confirmou que o seu veículo estava em sua residência em Palhoça. Logo, foi constatado que o veículo estacionado em frente à residência do homem tratava-se de um clone.

Após breve campana no local foi visualizado o veículo saindo. A guarnição do PPT foi informada, e assim que localizou o veículo, realizou um breve acompanhamento seguido de abordagem, que aconteceu na garagem da residência.

O condutor foi identificado e alegou ter comprado o automóvel. Através do número do chassi foi possível constatar que o veículo possuía registro de furto/roubo no dia 02/05/2015 com placa verdadeira de Joinville.

Dentro da residência foi abordado outro homem, que era o irmão do condutor. Na mesma garagem foi verificado outro veículo, um VW Fox com placas de Forquilhinha/SC, que após consulta do chassi, foi constatado que também possuía registro de furto/roubo do dia 06/02/2016, com placa verdadeira sendo de Jaraguá do Sul/SC. O homem alegou ter comprado o Fox por R$ 3 mil e informou que sabia que era furtado. Ambos os veículos possuíam CRVL com evidências de serem falsificados.

Na residência foram apreendidos diversos objetos de origem duvidosa. No notebook apreendido foi verificado alguns arquivos com dados falsos, plantados em um dos CRLV, e estava pronto para impressão, além de um modelo de atestado medico em branco do hospital Ruth Cardoso com carimbo de um medico.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão aos dois envolvidos e conduzidos para a delegacia para providencias legais.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Dia das Mães: Maislaser vai presentear 100 pessoas com 10 sessões de depilação a laser

Ganham as 100 primeiras pessoas que ligarem para (47) 3011-0611 ou 3011-0211, ou entrarem em contato pelo WhatsApp 047 99273-2191
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.