- PUBLICIDADE -

Homem é preso após solicitar cartão de crédito utilizando documento falso

O estelionatário foi preso em flagrante no estacionamento de supermercado

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

robson christian do nascimentoA Polícia Civil de Balneário Camboriú, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC), prendeu em flagrante Robson Christian do Nascimento, 23 anos, na noite de ontem (18), em Balneário Camboriú.

Robson foi preso após solicitar um cartão de crédito utilizando documento falso em nome de Eduardo Link, no setor de cartões de um supermercado localizado na Avenida do Estado, no Centro da cidade. O autor já se encontrava no estacionamento do local, quando foi detido pelos agentes da DIC. No momento da abordagem, Robson se apresentou com o nome falso.

Após a identificação do autor, o setor de cartões confirmou que Robson apresentou uma carteira de identidade em nome de Eduardo Link, além de um contracheque fraudulento em nome da Prefeitura de Rio do Sul. Além dos documentos, os agentes apreenderam uma folha de cheque em branco e um cartão de supermercados com o mesmo nome falso utilizado pelo golpista.

Após a prisão, Robson foi conduzido a DPCO de Balneário Camboriú, onde foi autuado em flagrante por estelionato e uso de documento falso. Outro homem que acompanhava o autor foi liberado na delegacia.

Após os procedimentos cartorários, Robson foi encaminhado ao Complexo Penintenciário do Vale do Itajaí, no bairro Canhanduba, em Itajaí.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Galeria M.I.U. inaugura lado B com a exposição engenhariaREVERSA neste sábado, 12

A Galeria M.I.U. e o artista ONESTOdiesel convidam a todos para o pocketshow e uma tarde de texturas, contrastes, cores, vinhos e um bom papo
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.