- PUBLICIDADE -

Mais de 5 mil garrafas de bebidas alcoólicas são aprendidas

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

garrafasA Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia da Comarca de Camboriú, na manhã desta terça-feira (5), deflagrou a Operação Hangover, que teve como objetivo combater o crime de falsificação e descaminho de bebidas alcoólicas, nos municípios de Camboriú e Balneário Camboriú.

Irineu Bitencourt Filho
Irineu Bitencourt Filho foi preso pelos crimes de falsificação de bebidas, crime contra a saúde pública, estelionato, contrabando e descaminho.

Após aproximadamente um mês de investigação, os Policiais da Delegacia de Camboriú, com apoio de Policiais da DIC de Balneário Camboriú, Piçarras, Blumenau, Penha, Monte Alegre, Brusque e Itapema, deram cumprimento há 13 Mandados de Busca e Apreensão em residências, salas comerciais e camelôs.

Nos locais, os Policiais apreenderam cerca de 6 mil garrafas de bebidas alcoólicas, prensa, lacres, selos, tampas, garrafas vazias e diversos objetos eletrônicos, sem qualquer tipo de documentação, os quais foram apresentados à Polícia Federal.

Durante a Operação, duas pessoas foram presas em flagrante: Irineu Bitencourt Filho, pelos crimes de falsificação de bebidas, crime contra a saúde pública, estelionato, contrabando e descaminho e Mônica Del’Aquila Steves, pelos crimes de contrabando e descaminho.

Irineu Bitencourt Filho foi conduzido ao Presídio da Canhanduba em Itajaí e Mônica foi apresentada à Polícia Federal.


COMENTE ABAIXO ⬇

Receba as notícias do Click Camboriú pelo Telegram

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

UniAvan oferta atendimento psicológico a profissionais da ONG Viva Bicho

A ação é realizada pelos acadêmicos dos anos finais do curso de Psicologia e visa o bem-estar das pessoas que trabalham diariamente com os animais
- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.