Conseg Centro repudia ação da Federação dos Oficiais da PM contra a GM

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

O secretário de Segurança Nilson Probst esteve na última quarta-feira (18) acompanhando a reunião ordinária do Conselho Comunitário de Segurança do Centro de Balneário Camboriú. Na ocasião, a diretoria da entidade apresentou ao secretário seu repudio a ação na Justiça, movida pela Federação Nacional dos Oficiais da Polícia Militar, contra a recém criada Guarda Municipal de Balneário Camboriú.

O presidente do Conseg, Santiago Martin Navia, falou ao secretário a satisfação da entidade com a atuação da guarda junto à comunidade, ressaltando que o sentimento de segurança retorna ao município. “Eles deveriam entrar com uma ação contra o Estado de Santa Catarina que é negligente com a Segurança Pública da nossa região, com a falta de policiais e um sistema prisional falido”, enfatizou.

A necessidade da desativação da Cadeia Pública do município, localizada na Rua Inglaterra, devido a super lotação e por estar numa área residencial muito povoada, a necessidade de um Centro de Internamento Provisório para jovens infratores e a realização no mês de Julho de um fórum para discutir o elevado número de acidentes de trânsito na cidade também foram discutido pelos conselheiros.

A reunião, que aconteceu na Casa dos Conselhos de Balneário Camboriú, no Bairro Centro, também contou com a presença do presidente da Federação dos Conselhos de Segurança de Santa Catarina (FECONSEG-SC), o advogado Valdir de Andrade, do presidente do Conselho de Segurança de Balneário Camboriú (CONSEG-BC), Edilson Ferreira.

O vice-presidente do Conseg Sérgio Valdir de Souza, assumirá por 90 dias a presidência do Conseg Centro 131, pois o presidente se afastará por motivos pessoais.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -