BC é a sétima cidade no relatório estadual de casos autóctones de dengue

Prefeitura está realizando ações de combate ao mosquito Aedes aegypti

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Várias medidas estão sendo realizadas para combater a dengue em Balneário Camboriú. Em abril, o prefeito Fabrício Oliveira assinou o decreto que agiliza a ação de combate a dengue, com a contratação de serviços de emergências para limpar terrenos que oferecem risco à saúde pública. Além disso, a diretora da Vigilância Ambiental, Eliane Guedes Casatti afirma que os agentes continuam fazendo visitas em imóveis e terrenos do município. Neste sábado, 8.jun.2019, eles vão inspecionar imóveis nas ruas Grécia a Chile, no bairro das Nações.

“É fundamental os moradores ajudarem no combate ao mosquito fazendo a prevenção em suas residências” acrescenta Eliane. Não acumular água e sempre deixar as tampas dos lixeiros fechadas, colocar areia nos pratos de plantas, limpar as calhas, cobrir piscinas, limpar e guardar as vasilhas dos bichos de estimação, são algumas destas prevenções.

Dengue em Santa Catarina

O Estado apresenta 19.014 focos do mosquito Aedes aegypti espalhados em 87 municípios, segundo a Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (DIVE/SC).

No boletim publicado em 25 de maio, Itapema é o município que mais apresenta casos de autóctones, são 334. Logo em seguida está Camboriú com 116 e Porto Belo com 62 casos. Balneário Camboriú é a sétima cidade com 16 casos de dengue contraídos dentro do município. Em 2018, foram registrados seis casos de dengue.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -