Secretaria da Saúde promove ação de prevenção no Dia Mundial Sem Tabaco

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Nesta segunda-feira (31), das 8h às 17h, a Secretaria da Saúde e Saneamento de Balneário Camboriú, através do Departamento de Vigilância Sanitária promove ação de orientação e entrega de materiais informativos sobre os malefícios do cigarro – na Praça Almirante Tamandaré, localizada na Avenida Atlântica. A iniciativa visa chamar atenção da comunidade para o Dia Mundial Sem Tabaco (31 de maio).

De acordo com o um dos organizadores do evento, o fiscal sanitário – Luis Eduardo Borges de Melo, a intenção é conscientizar a comunidade sobre os riscos do cigarro, para isso, uma equipe de profissionais da saúde orientará a população sobre os malefícios do tabaco, outra do Centro Odontológico Especializado (COE) falará do câncer de boca e em parceria com profissionais da Secretaria de Meio Ambiente será apresentado os riscos das xepas de cigarro no meio ambiente e da fumaça na atmosfera.

O que: Dia Mundial Sem Tabaco;
Quando: segunda-feira (31 de maio);
Horário: das 8h às 17h;
Onde: Praça Almirante Tamandaré – na Avenida Atlântica, centro de Balneário Camboriú.

Números alarmantes

A Organização Mundial da Saúde estima que, a cada dia, 100 mil crianças tornem-se fumantes em todo o mundo. Cerca de 4 milhões de pessoas morrem, por ano, no planeta vítimas do uso do tabaco -metade delas com idades entre 35 e 69, no auge de sua vida produtiva. Nesse ritmo, até 2020, o número de vítimas fatais subirá para 10 milhões de mortes ao ano. Isso porque o tabagismo está ligado a 50 tipos de doenças, como câncer de pulmão, de boca e de faringe, além de cardiopatias.

Segundo a OMS, o fumo é uma das principais causa de morte evitável, hoje, no planeta. Um terço da população mundial adulta – cerca de 1,3 bilhão de pessoas, entre as quais, 200 milhões de mulheres – é de fumantes. Pesquisas comprovam que aproximadamente 47% da população masculina e 12% da população feminina no mundo fuma. Nos países em desenvolvimento, os fumantes somam 48% da população masculina e 7% da população feminina, enquanto nos desenvolvidos, a participação das mulheres mais do que triplica, num total de 42% dos homens e 24% das mulheres.

No Brasil, inquérito realizado recentemente pelo Ministério da Saúde/Instituto Nacional de Câncer mostrou que 18,8% da população brasileira é fumante (22,7% da população masculina e 16% da feminina). Cabe lembrar que em 1989, de acordo com Pesquisa Nacional sobre Saúde e Nutrição (Ministério da Saúde/INAN,1989) este percentual era de cerca de 32%.

Fonte: Ministério da Saúde – www.saude.gov.br

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -