Ex-prefeito de Camboriú Edinho pode ser solto

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Edson Olegário, ex-prefeito de Camboriú, recebeu habeas corpus nesta terça-feira, em votação unânime da Terceira Câmara Criminal. Porém, até a noite desta terça-feira, o acusado de ser o mandante do assassinato de Eneri Antônio de Souza, morto por engano no dia 30 de agosto de 2008, continuava preso no Presídio de Balneário Camboriú.

O alvará de soltura só será expedido se Edinho estiver preso apenas pelo crime contra Eneri. Caso contrário, permanecerá preso. Entretanto, também foi preso por outros crimes em que é acusado e que ainda dependem da análise da Justiça.

O ex-prefeito está preso desde maio deste ano suspeito de atentados contra vereadores e políticos rivais. Os crimes aconteceram entre 2005 e 2008, quando Edinho era o prefeito de Camboriú. Os principais alvos foram os vereadores Claudinei Loos, Lucien Anderson de Aguiar e Iminésio de Souza.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -