- PUBLICIDADE -

Cerca de 400 jovens participam das palestras promovidas pelo Projeto Aquarela

Programa foi lançado em maio deste ano e tem como objetivo debater problemas presentes no cotidiano dos adolescentes

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Como a cannabis medicinal tem ajudado famosos e não famosos

A Huniq, empresa de cannabis medicinal instalada em Itajaí, é responsável pelo tratamento das quatro histórias apresentadas nessa reportagem
Cerca de 400 jovens participam das palestras promovidas pelo Projeto Aquarela
Divulgação

Cerca de 400 adolescentes, alunos do 6º ao 9º ano da escola Arthur Sichmann, participaram de palestra do Projeto Aquarela, realizada no auditório da Prefeitura na terça-feira, dia 20. Com o objetivo de debater problemas presentes no cotidiano dos adolescentes, o coordenador do Núcleo de Prevenção às Drogas e à Pedofilia de Camboriú, Valmor Dalago, falou sobre o bullying, alertou os jovens para os perigos da internet e redes sociais, a influência das amizades, drogas, motivação pessoal, sexualidade, entre outros temas.

O projeto Aquarela iniciou em maio deste ano e foi desenvolvido pela Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social de Camboriú, por meio do Núcleo de Prevenção às Drogas e à Pedofilia, com apoio do Conselho Tutelar, da Secretaria de Educação, Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, Centro de Atenção Psicossocial – CAPS e Unidade Sesc de Balneário Camboriú. “Nosso trabalho é de prevenção, sempre foi. Pelo projeto Aquarela já realizamos oito palestras e vamos seguir com duas por semana até contemplar todas as escolas municipais e então realizar este trabalho iniciar nas estaduais”, ressalta Valmor.

A estudante do 7º ano, Bruna Cristina Almeida dos Santos, 12 anos, gostou muito da palestra. “Acho importante receber esse tipo de informação. Eu já sofri bullying na escola uma vez e ficava bem triste, mas agora sei que não devo deixar essas brincadeiras me atingirem e também sei quem devo procurar para me ajudar caso isso aconteça novamente”, comenta. Já a aluna Kesia Nara Vargas Mendes, 12 anos, também do 7º ano, destaca que vai levar da palestra o bom exemplo. “Recebemos várias orientações importantes para nossa vida, bons exemplos a seguir”, explica.

Sobre o Núcleo

O Núcleo de Prevenção às Drogas e à Pedofilia de Camboriú foi criado em 2010 com o intuito de auxiliar o trabalho da Assistência Social e Conselho Tutelar do município. “Durante nossos atendimentos ajudamos em situações de abuso infantil, envolvimento de jovens com drogas e pessoas desaparecidas”, explica Valmor. O coordenador também destaca a importância de trabalhar com os jovens para a prevenção e, consequentemente, diminuir o número de incidências de abuso, drogas, desaparecimentos entres eles.

O Núcleo fica localizado anexo à sede da Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social de Camboriú, localizada na Rua Presidente Costa e Silva, nº 329, no Centro, com horário de atendimento das 12 às 18 horas – o telefone de é o (47) 3365-0607.


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de Balneário Camboriú e região em seu e-mail.

⚠ Confirme na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Imobiliária de Balneário Camboriú aluga imóvel em até 30 dias ou paga o condomínio

A imobiliária promete alugar o imóvel em até 30 dias, ou pagar o condomínio ao proprietário
- PUBLICIDADE -