Educa Brasil reúne secretários de Educação de todo Brasil em Balneário Camboriú

Publicado em

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Balneário Camboriú sedia, a partir do próximo domingo (22), o Educa Brasil – Encontro Nacional de Secretários de Educação – Todos pela Educação. O evento será realizado no Recanto das Águas Resort & Spa até o dia 22, próxima terça-feira. Quatro projetos realizados na Rede Municipal de Ensino foram selecionados e serão apresentados e premiados com a Palma de Ouro no evento.

De acordo com a secretária de Educação de Balneário Camboriú, Christina Barrichello, mais de 100 secretários de todo país vão participar do evento e entre os 50 projetos selecionados para apresentação e premiação, quatro são da cidade: o Projeto Beethoven, Ler é bom de mais, Oficinas de Ensino Complementar e Salas Ambiente – Escola de Alto Rendimento.

“Esta será, sem dúvida, uma excelente oportunidade para nossos professores conhecerem projetos de todo Brasil e para mostrar os que são desenvolvidos em Balneário Camboriú, para que eles possam ser levados pelos visitantes e desenvolvidos em outras cidades, tendo a nossa como modelo”, destacou Christina.

SOBRE OS PROJETOS SELECIONADOS

Projeto Beethoven: desenvolvido no Núcleo de Educação Infantil Carrossel, atende 208 crianças de 4 a 5 anos e ensina música clássica para os alunos. Implantando pela coordenadora Lídia Radke, os professores iniciam as crianças na música clássica através da biografia do compositor austríaco, apreciam suas músicas, conhecem as orquestras que o interpretaram e criam instrumentos a partir de materiais alternativos. “Usamos o Beethoven porque ele é um exemplo de superação. O resultado surpreendeu até mesmo as educadoras e o mais importante é que conquistamos uma participação efetiva dos pais nas atividade desenvolvidas em sala”, conta Lídia.

Projeto Ler é bom de mais: desenvolvido no Núcleo de Educação Infantil Nova Esperança é dirigido pela coordenadora Claudia Zanis Garcia, atende crianças de 4 a 6 anos e tem o objetivo de desenvolver o hábito da leitura desde a tenra idade e dividir isto com os pais e a comunidade. Para isto, o Núcleo conta com um acervo de mais de cem exemplares com grandes nomes literatura infantil como Ziraldo, Monteiro Lobato e Ruth Rocha, entre outros. Além de fazer uma parada diária de 15 minutos para leitura – com o auxílio das professoras que contam as histórias – as crianças realizam toda sexta-feira a “Troca de Leitura”, quando indicam para um colega um livro que é levado para casa e lido com os pais durante o final de semana. Na segunda-feira, as crianças contam a história para outros colegas. “Eles encenam a história, querem mostrar para as crianças menores e os pais compraram a idéia e cada dia mais estão participando do projeto conosco”, destaca a coordenadora.
Projeto Oficinas de Ensino Complementar: único do gênero no Brasil a reunir atividades de diversas áreas (como artes, educação, informática e etc.) através de uma secretaria de Educação, o Oficinas atende atualmente 1534 alunos em 17 diferentes cursos. “Até 2008 o projeto atendia somente crianças e pré-adolescentes, a partir de 2009 ele começou a atender toda família, nosso próximo passo é transformá-lo em um Programa de Educação Complementar (PEC)”, conta o coordenador do projeto, Genilson Geraldo. O projeto oferece oficinas de: artesanato, capoeira, dança (baby class, jazz e dança de rua), desenho, espanhol, ginástica rítmica, informática, inglês, literatura, música (violão e violino), pintura, teatro, xadrez, fotografia, inglês e informática.

Projeto Salas Ambiente – Escola de Alto Rendimento: realizado no Centro Educacional Municipal Jardim Iate Clube com um novo conceito: o de salas ambiente, no qual, os alunos do 6º ao 9º anos do ensino fundamental mudam de sala de aula, diferente do modelo tradicional, no qual os professores fazem a mudança. O objetivo deste modelo é fazer com que o aluno interaja com a maior quantidade de recursos didáticos disponíveis para cada matéria. A escola atende diariamente 546 alunos nos turnos matutino e vespertino, do 1º ao 9º ano do ensino fundamental e conta com a colaboração de 25 professores. “Com as salas ambiente conseguimos implantar um direito dos alunos garantidos pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB): o reforço no contraturno escolar”, afirma a diretora da escola, Aldeneide Merenciano da Silva. A escola conta ainda com projetos de leitura, socialização entre os alunos, de inclusão, higiene e etc. O Iate Clube tem a melhor nota municipal no IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) quer melhorar ainda mais para a próxima avaliação.

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

- Publicidade -