- PUBLICIDADE -

Secretaria de Educação de BC estuda mudança para uma nova proposta curricular de ensino

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Comece bem o verão com marmitas caseiras da Light Food BC

Por sua qualidade de vida e saúde, nos dias quentes mantenha uma alimentação saudável com as marmitas da Personal Chef Fit Kris Borba

A Secretaria de Educação está em construção da nova proposta curricular do ensino fundamental de 9 anos, sugerida pelo Ministério da Educação. De acordo com a diretora interina do Núcleo Pedagógico, Noemí Loser, essa proposta para o ensino fundamental é implantada gradativamente no Estado e de forma diferenciada.
“Um currículo que se pretende democrático deve visar à humanização de todos e ser desenhado a partir do que não está acessível às pessoas”, destaca a diretora. Noemi relata que agora a Amfri propôs uma unificação curricular para os 11 municípios participantes e em cinco grandes encontros, que encerrará em agosto, essa nova construção será definida.

“É importante valorizarmos o lúdico, a forma de trabalhar a educação com a criança, a metodologia”, indica Noemí, que informa também sobre os trabalhos de adequação que deverá ser implantados após esses estudos, como adequação das salas de aula, dos banheiros, brincadeiras, tudo para ofertar a criança, novas e melhores formas de ensino.

Noemi conta também revela ainda sobre os encontros por área, realizados com os professores, paralelamente aos encontros da Amfri. Dentre os assuntos abordados para a construção dessa nova proposta e unificação, a diretora destaca os cinco tópicos abordados nos encontros:

– Fundamentos para ensino fundamental de nove anos;
– Alfabetização e letramento para crianças de seis anos;
– Avaliação da aprendizagem;
– Diretrizes curriculares do ensino fundamental;
– Estudos de texto do MEC


COMENTE ABAIXO ⬇

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

Mesmo com a pandemia, coleta para reciclagem aumentou 31% neste ano

Ainda em 2019, a coleta de recicláveis deu um salto em BC em decorrência da implantação de novas políticas públicas
- PUBLICIDADE -

Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.