- PUBLICIDADE -

Palestras marcam o Dia Mundial da Voz em BC

Publicado em

- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

PagAuto vende seu veículo em 50 minutos: em BC, Itajaí e Floripa

Na PagAuto seu veículo é vendido com avaliação profissional e pagamento na hora em uma negociação 100% segura

A Secretaria de Educação de Balneário Camboriú promove nesta sexta-feira, dia 16 de abril, uma comemoração pelo Dia Mundial da Voz. O evento vai reunir três palestrantes no anfiteatro do Centro Educacional Municipal Ariribá, a partir das 9 horas. As palestras são abertas para toda comunidade e tem como foco as pessoas que utilizam a voz como instrumento de trabalho.

A abertura será às 9 horas com a presença da secretária de Educação Christina Barichello e demais autoridades e contará com apresentações culturais. Na sequência, a psicóloga Marina Corbetta Benedet abre a sequencia de palestras com o tema “Quem fala?”. Às 10h15 será realizado um intervalo e às 10h45 a segunda palestra com a fonoaudióloga Crsitiane Peron que vai abordar o tema “Alguns enfoques sobre voz profissional”. No período da tarde, a partir das 14 horas a fonoaudióloga Aline Nasser ministra a última palestra do dia com o tema “Instrumentalização do professor em sala de aula”.

Desde a última segunda-feira, dia 12, estão sendo realizadas ações nas escolas e núcleos municipais. Nesta quinta-feira, dia 15, as fonoaudiólogas da Rede Municipal de Ensino fizeram a entrega de informativos, água e maçã – fruta recomendada para quem utiliza a voz com frequencia.

DICAS PARA CUIDAR DA VOZ

A fonoaudióloga da Rede Juliana Dornelles, recomenda a auto-identificação de sinais e sintomas que podem representar algum tipo de perigo para a voz. Segundo Juliana, o stress pode refletir diretamente na voz, reações que são divididas em três fases: reação de alarme (rouquidão ocasional); fase de resistência (a voz se agrava e enrouquece) e fase de exaustão (rouquidão, falhas vocais e afonia).

As pessoas, principalmente as que usam a voz para trabalhar, devem ficar atentas rouquidão, alteração ou perda da voz, dor ao engolir, ardência na garganta ou pigarro constante podem ser alertas de que algo não vai bem, explica a fonoaudióloga.
“Pessoas que apresentam mais de três destes sintomas, podem apresentar um desequilíbrio na voz levando a um desgaste e redução no rendimento vocal. Nesse caso, a avaliação de um especialista (médico otorrinolaringologista e fonoaudiólogo) pode ser necessária”, afirma Juliana. No anexo desta matéria você pode conferir mais dicas de cuidados coma voz..


COMENTE ABAIXO ⬇

Telegram: participe do canal do Click Camboriú

✉ NEWSLETTER

Receba notícias de BC, Camboriú e Itajaí todos os dias em seu e-mail.

Confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
- PUBLICIDADE -

VEJA TAMBÉM

- PUBLICIDADE -
Enviar mensagem
Envie seu conteúdo
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Click Camboriú.